BOCCIA - Sortes Distintas para os Portugueses

O penúltimo dia do Mundial ditou sortes distintas no seio da delegação portuguesa. Ontem, a jornada fez-se de momentos agridoces, com alguns dos atletas a ficarem pelo caminho, enquanto outros somavam triunfos.

João Paulo Fernandes, Luís Ferreira da Silva, José Carlos Macedo, Armando Costa e Fernando Pereira estão nos quartos de final das suas categorias, enquanto Fernando Ferreira, Pedro Silva, Susana Barroso, António Marques e Pedro Clara disseram adeus à competição.

BC3 é, de resto, a vertente onde Portugal tem presença assegurada nas meias-finais, já que Armando Costa e Luís Ferreira da Silva vão medir forças nos "quartos". Também em BC3, José Carlos Macedo afastou a espanhola Yolanda Martin nos 16 avos-de-final (4-2) e bateu outro espanhol, José Manuel Rodríguez (10-0), nos oitavos-de-final, sendo que o próximo "obstáculo" vem da Grécia e chama-se Grigorios Polychronidis.

Fado diferente cantou o destino de Fernando Ferreira e Pedro Silva, em BC2, que fizeram a festa de manhã, ao vencerem o nipónico Takayuke Hirose (4-2) e o colombiano José Carmona (8-0), respetivamente. O pior chegaria depois, quando ambos foram afastados e viram fechar-se a porta dos "quartos". Ferreira acabou eliminado pelo chinês Zhiqiang Yan (2-8), enquanto Silva não resistiu ao melhor boccia apresentado pelo sul-coreano So Yeong Seong (2-6).

Em BC4, Susana Barroso e Pedro Clara não conseguiram o triunfo de que precisavam para acompanhar Fernando Pereira nos oitavos-de-final e ficaram pelo caminho na fase de grupos.
Fonte: Record

Comentários