Mycentre oferece desporto, saúde e bem-estar em Faro

Desporto, lazer, saúde e bem-estar são as bases do Mycentre Sports & Wellness, uma unidade multifacetada que irá abrir portas antes do final de Outubro, no Montenegro, Faro.

Este centro, apresentado na terça-feira, vem explorar um segmento de mercado ainda virgem na região, no que diz respeito ao grande público, oferecendo serviços que até agora apenas se podiam encontrar em estabelecimentos hoteleiros, maioritariamente reservados a clientes.

No caso do Mycenter, as portas são abertas a toda a população e o estabelecimento funcionará num regime parecido a qualquer clube de manutenção. Mas, ao contrário da oferta até agora existente, os promotores deste projeto adicionaram serviços em múltiplas áreas, que permitem que a oferta seja bem mais vasta do que é habitual.

Esta originalidade levou a que este centro fosse oficialmente reconhecido como um produto de interesse para o turismo. Também mereceu um forte apoio do Programa Operacional Algarve 21.

A construção do centro, inserido numa zona residencial calma, motivou um investimento de mais de 1,8 milhões de euros, dos quais cerca de 815 mil são comparticipados pelo Quadro de Referência Estratégica Nacional 2007/13.

Como ilustrou ao «barlavento» Ricardo Duarte, que é um dos promotores do projeto e o seu coordenador, «a frase que melhor define o centro é aquela que escolhemos para o slogan: o mais completo espaço de desporto, lazer, saúde e bem-estar do Algarve». «Vamos abrir o mercado existente neste setor, na região», acredita.

As valências do clube são muitas e passam pelos habituais equipamentos desportivos de um clube de fitness, aos quais se juntam uma piscina coberta e campos de ténis.

Este último desporto esteve na base do lançamento do centro, já que Ricardo Duarte é um tenista com mais de 50 títulos a nível nacional e dos poucos treinadores desta modalidade com o nível 3 da Federação Portuguesa de Ténis.

No decurso da sua atividade como técnico, o coordenador do Mycentre percebeu que um clube, nos dias que correm, não se pode resumir apenas à promoção de uma modalidade. «Quando assim é, muitas vezes não há o complemento físico e social, que é fundamental», considerou.

Foi tendo em conta estas novas tendências que a ideia do Mycentre evoluiu. Ao desporto, foi aliada uma vertente de bem-estar e saúde, um dos eixos estratégicos do desenvolvimento turístico preconizado para Portugal, o que valeu ao clube o reconhecimento do Turismo de Portugal.

Um Spa, jacuzzi, um restaurante com comida saudável e um setor dedicado à saúde, onde a nutrição, a fisioterapia e a estética têm lugares de destaque, complementam a vertente desportiva.

Ao mesmo tempo, houve uma aposta na inclusão, com o cuidado de tornar todas as valências do centro acessíveis a pessoas com mobilidade reduzida, incluindo a piscina e os campos de ténis, «preparado para jogar ténis em cadeira de rodas». «Este é um setor que gostaríamos de desenvolver», revelou Ricardo Duarte.

Outra novidade que o projecto apresenta é uma área destinada aos mais novos, onde serão promovidas «atividades lúdicas e de motricidade».

«Não queremos com isto entrar no segmento dos ATL, mas sim proporcionar aos pais uma oportunidade de frequentar o centro, trazendo os seus filhos consigo. Conheço muitos pais que dizem que o desporto que fazem é andar com os filhos de um lado para o outro», brincou.

«O clube pode acolher crianças desde os seis meses, na natação, até aos mais idosos, na vertente de exercício físico adaptado», acrescentou. As inscrições para o Mycentre Sports & Wellness já estão abertas e podem ser feitas através do site www.mycenter.pt.
Fonte: barlavento

Comentários