"Toma Lá", a mais recente marca nacional de design social


"As instituições têm que conseguir inovar, criar e gerar empatia", salientou Mariana Ribeiro Ferreira, Vereadora da Acção Social na Câmara Municipal de Cascais, na cerimónia de apresentação da marca, que identifica os produtos produzidos por artesãos recrutados no seio dos Centros de Actividades Ocupacionais de várias instituições na área da deficiência mental.

"Há que explorar sempre todos os talentos", para despertar o interesse dos consumidores, acrescentou a Vereadora, admitindo estar já ela própria "completamente rendida à marca e aos produtos nascidos desta iniciativa da Comissão para a Pessoa com Deficiência e que conta com o apoio da Câmara Municipal de Cascais.

Pensados pela designer Susana António, os produtos são vários, e estão já à venda em lojas como a da Casa das Histórias Paula Rego, em Cascais, onde se pode encontrar um relógio a fingir que é de cuco, os mealheiros-matrioska, os tapetes de cortiça, protecções para computador portátil, a toalha de mesa que exibe o mapa topográfico de Cascais pintado à mão, o chaveiro-frase que diz "não me deixes em casa", ou o bloco de notas com capa bordada a ponto de Arraiolos, entre outros.

A ideia é que estes produtos vençam a barreira das vendas de solidariedade e passem para um mercado mais competitivo, representando não só uma receita adicional para as instituições, mas também um motivo de orgulho e realização profissional dos artesãos.

Reconhecendo a mais-valia de a Câmara Municipal de Cascais contar com instituições dinâmicas e eficientes a intervir nesta área, apoiada por uma equipa municipal de excelência, António d' Orey Capucho, Presidente da Câmara Municipal de Cascais sensibilizou os presentes para a necessidade de "se ser criativo e fazer cada vez mais e melhor juntando o útil ao agradável".

O primeiro passo está dado, ao que se seguirão outros orientados para a angariação de patrocinadores que se juntem ao AKI, um dos activos patrocinadores do projecto. Como referiu Rosa Neto, presidente da Comissão para a Pessoa com Deficiência "este é um trabalho longo, mas se não for possível tornar visível só será importante num círculo muito pequeno".

Lista de instituições envolvidas: Lar Casa da Alapraia; CERCICA - Cooperativa para a Educação e Reabilitação Cidadãos Inadaptados de Cascais; Centro de Apoio Social do Pisão; ARIA - Associação de Reabilitação e Integração Ajuda; Lar da Boa Vontade; CRID - Centro de Reabilitação e Integração de Deficientes; AFID - Associação Nacional de Famílias para a Integração da Pessoa Deficiente; e Centro Comunitário da Paróquia de Carcavelos. Desporto na Linha

Comentários

  1. Admiramos o seu blog, por isso viemos entregar o selo Cantinho Inclusivo.

    Vc o encontra no endereço abaixo:

    http://escolasinclusivas.blogspot.com/2010/12/selinho-cantinho-inclusivo.html

    Feliz Natal e Próspero Ano Novo.
    Abraço fraterno
    Kekel

    ResponderEliminar
  2. Caros amigos:
    Embora em cima -demasiado em cima- da hora, venho convidar-vos, bem como a todos os habituais leitores deste blog, a visitarem-nos em

    http://ocandidatocerto.blogspot.com/

    e aderirem a este nosso movimento.
    Bem-hajam.
    Jaime Grand'Alma de Noireuil

    ResponderEliminar
  3. Obrigado pela escolha e oferta!
    BOAS FESTAS para todos também!
    Fiquem bem

    ResponderEliminar
  4. Passo para deixar os votos interiores de um Natal com Paz, independentemente da concepção aque se tenha dele.

    Com amizade e um particular abraço para ti

    Lobinho

    ResponderEliminar
  5. Ó, Daniel, muito obrigado!
    BOAS FESTAS para si e seus, também!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário