Faro: Recuperadas embarcações de vela adaptadas a deficientes

As três embarcações de vela adaptadas a pessoas com deficiência furtadas este mês do Centro Náutico da Praia de Faro foram hoje recuperadas intactas.

As embarcações foram encontradas em plena Ria Formosa, a curta distância do centro náutico, de onde tinham sido furtadas no início do mês em data não especificada, explicou José Cassiano, presidente do Ginásio Clube Naval de Faro.

A mesma fonte acrescentou que as aulas de vela adaptada, ministradas ao abrigo do projeto "Sailability" e que envolvem cerca de uma dezena de crianças com deficiência, deverão ser retomadas na próxima semana.

O comandante da Zona Marítima do Sul, Marques Ferreira, explicou à Lusa ter recebido hoje uma denúncia que dava conta de que estaria uma embarcação à deriva junto à ponte da Praia de Faro.

Depois de uma busca mais alargada a Polícia Marítima acabou por encontrar as outras duas embarcações, junto ao Aeroporto de Faro, estando o caso agora a ser investigado por aquela autoridade.

José Cassiano afirmou à Lusa acreditar que quem furtou as embarcações não deveria saber para o que serviam, já que as mesmas não têm outra utilização se não o ensino de vela adaptada.

Os barcos, propriedade da Associação Regional de Vela do Sul e que estão à guarda do Ginásio Clube Naval de Faro, foram adquiridos em 2001 na Austrália, tendo estado numa primeira fase acostados na Marina de Vilamoura. Observatório do Algarve

Comentários