Integração das pessoas com deficiência no mercado de trabalho

Dar a conhecer junto da opinião pública a problemática do Emprego Protegido, no sentido de travar a aplicação do Decreto-Lei 290/2009 que inviabiliza o funcionamento dos centros de emprego protegido, é o grande objectivo do Fórum “Emprego Protegido e Qualidade de Vida”, a realizar-se no próximo dia 3 de Fevereiro, no Palácio Valenças, em Sintra.

A Câmara Municipal de Sintra, o CECD de Mira Sintra e o Elo Social, que organizam este fórum, pretendem que este seja um espaço de reflexão e discussão entre especialistas na matéria e as diferentes partes interessadas, como sejam Governo, entidades gestoras dos centros de emprego protegido, clientes, trabalhadores com deficiência e suas famílias.

A ideia deste fórum é contribuir para a afirmação dos Centros de Emprego Protegido como modalidade sustentável de integração sócio-profissional das pessoas com deficiência que não consigam aceder ao mercado aberto de trabalho.

Em cima da mesa estará, também, a petição pública “Deixem Trabalhar as Pessoas com Deficiência”, entregue na Assembleia da República no passado mês Julho de 2010, que recolheu cerca de 19 mil assinaturas e que pretende precisamente travar a aplicação do Decreto-Lei 290/2009.

Programa e mais informação: CM de Sintra

Comentários