Tetraplégico impedido de usar teclado especial em exame sob argumento que ele irá colar

Vejam, mais um caso vergonhoso, de descriminação, publicado no Deficiente Ciente:
O Bacharel em Direito Sergio Ricardo Mondadori, pessoa com tetraplegia há 12 anos, teve seus direitos negados, durante o processo de exame da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). Sergio solicitou a utilização de um teclado especial para que ele mesmo pudesse fazer sua prova, no entanto seu pedido foi negado pela OAB e FGV (Fundação Getúlio Vargas).

Comentários

  1. Obrigada por ajudar na divulgação de mais esse caso, Eduardo. Estou chocada até agora com a frieza, falta de solidariedade e desprezo com que a OAB e a FGV trataram o caso de Sergio Ricardo.
    É como você disse:"Nós estamos em todo o lugar e ninguém nos vê. Porquê? Porque se recusam a olhar."
    Espero que esta situação seja revista o quanto antes.

    Abraços!

    ResponderEliminar
  2. ...Ócio... preguiça... desleixo... falta de ética e brio profissional também,teve quem deveria a devido tempo organizar e facultar todas as condições para que este Senhor pudesse realizar a sua prova com serenidade e sem que colocassem em causa os seus conhecimentos, capacidade e idoneidade!!!
    :(

    Sininho

    ResponderEliminar
  3. VERA, e bem sabes que há muitos mais casos como este e piores. Maioria não tem o discernimento e nem as mesmas condições para denunciarem.
    Bem dizem que não são só as barreiras fisicas que têm que ser eliminadas...

    SININHO, tudo parece que falha nesta sociedade quando ao tema deficiência nos referimos. O que mais teremos que fazer?
    E neste caso são senhores advogados, os castradores.
    Fiquem bem

    ResponderEliminar
  4. Boa tarde, Edu!
    Privando Sérgio de conseguir completar o exame da OAB, parece que têm medo que uma pessoa com deficiência mostre mais competência do que eles...
    Torço muito pela vitória de Sérgio!
    Um abraço,
    Mônica

    ResponderEliminar
  5. Mónica, tudo isto é muito triste. Não se pode brincar desta maneira com a vida dos outros.
    Cuida-te.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário