Repsol contará com mais de 500 estações de serviço acessíveis

Repsol iniciou a segunda fase do seu projeto para melhorar a acessibilidade em mais de 500 estações de serviço da sua rede. Graças a esta iniciativa, a companhia contará com a maior rede de estações de serviço plenamente acessíveis de Espanha, e uma das maiores da Europa. Repsol iniciou em 2010 a primeira fase do projeto, que abrangeu 289 instalações.

Os investimentos destinam-se a melhorar mais de 25 elementos que facilitarão a acessibilidade das estações de serviço da companhia. Entre eles incluem-se aspetos relativos à sinalização, adaptação da loja e dos asseios, ou o sistema dos surtidores Pulsa e vou, que permite às pessoas com mobilidade reduzida avisar os empregados de que precisam ser atendidas.

Repsol é pioneira na adequação da sua oferta e espaço das estações de serviço a clientes com mobilidade reduzida e outras limitações. Esta filosofia está presente em todas as atividades da companhia, que se posicionou como um referente em Espanha pelo seu contínuo esforço por manter os melhores standards de acessibilidade nas estações de serviço e nos escritórios próprios.

A companhia editou um Guia de Acessibilidade das Estações de Serviço, que propõe um conjunto de normas que servem como orientação para facilitar e melhorar o acesso das pessoas com capacidades diferentes às estações de serviço, analisando em pormenor os aspetos a considerar na construção destas instalações, seguindo critérios de acessibilidade.

De acordo com esta linha de atuação, Repsol dispõe já de duas estações de serviço adaptadas segundo critérios de acessibilidade universal, uma em Móstoles (Madrid) e outra em Saragoça. Trata-se das duas primeiras estações de serviço de Espanha que possuem este certificado.

Com o objetivo de dar a conhecer o projeto Estações de serviço acessíveis, e de apoiar o compromisso com a integração das pessoas com deficiência, Repsol lançou uma campanha de publicidade que se poderá ver nos principais meios de comunicação.

O compromisso da Repsol

Repsol trabalha de forma ativa desde 2005 na integração de pessoas com capacidades diferentes, facilitando a sua incorporação no quadro de pessoal e a formação necessária, assim como a sensibilização do resto dos seus empregados. O trabalho desenvolvido pela companhia neste âmbito foi reconhecido em numerosas ocasiões, a mais recente das quais no final de Janeiro de 2011, quando a companhia recebeu o Ability Award à "melhor empresa privada" como reconhecimento pela sua contribuição global e significativa para o desenvolvimento e a inserção laboral de pessoas com deficiência.

Atualmente, a companhia conta em Espanha com 360 pessoas com capacidades diferentes no seu quadro de pessoal, 22% das quais em cargos técnicos qualificados, e realizaram-se mais de 30 cursos de formação ocupacional nos últimos 4 anos, dirigidos a 480 profissionais portadores de deficiência.

Repsol também constitui um referente entre as empresas espanholas pelo seu contínuo esforço por manter os melhores standards de acessibilidade nas suas estações de serviço e escritórios próprios, e por abordar a integração desde uma perspetiva transversal. A companhia conta com um Comité de Diversidade e Conciliação integrado pela alta direção, em que participa de forma explícita um grupo de trabalho composto por empregados com capacidades diferentes.

Fonte: Repsol

Comentários