APD Madeira vai transportar turistas com mobilidade reduzida

A APD vai assinar durante o mês de Março um protocolo de cooperação com uma agência de viagens da região para transportar pessoas com necessidades especiais ou com mobilidade reduzida

A delegação local do Funchal da Associação Portuguesa dos Deficientes (APD) presta apoio a pessoas com necessidades especiais, designadamente motora, visual, auditiva e mental. O seu objetivo passa pela representação e defesa dos interesses gerais, individuais e colectivos dos deficientes.

A APD presta apoio a nível de transporte a pessoas com deficiência e, por vezes, ajuda financeiramente na compra de material ortopédico.

Durante o mês de Março de 2011, irá assinar um protocolo de cooperação com uma agência de viagens da Região, o qual tem como objetivo o transporte de turistas com necessidades especiais ou com baixa mobilidade.

Filipe Rebelo, presidente da APD Madeira, considera que o referido protocolo será uma mais-valia para o sector turístico, uma vez que muitos dos turistas que visitam a Madeira têm uma mobilidade muito reduzida, como é o caso dos idosos, acrescentando que os táxis e os veículos de transporte turístico não estão preparados para esse facto.

Fonte: Portugal Acessivel

Comentários