Um triciclo que permite voar sem sair do chão

Motivados pelo "sonho de voar", estudantes norte-americanos criaram um triciclo de design arrojado, de nome "StreetFlyer", que possibilita ao condutor a sensação de tornar-se um "pássaro", sem que seja necessário sair do chão. Projecto poderá ajudar deficientes motores que nunca tiveram oportunidade de "explorar" o mundo exterior.

Nem mesmo a tentativa falhada de Ícaro para deixar a Ilha de Creta usando asas que acabaram por arder fez esmorecer o sonho de voar da Humanidade. Desde então, o homem inventou diversos meios para conseguir chegar aos céus, mas ainda não são todos que têm a coragem de aventurar-se numa asa-delta ou que conseguem uma licença para pilotar uma aeronave.

Carsten Mehring, professor da "Colorado School Of Mine", Estado do Colorado, EUA, estava frustrado por ver falhada a hipótese de conseguir tornar-se piloto e decidiu pôr em prática, com a ajuda dos seus alunos, um projecto inovador, que possibilitaria, enfim, pelo menos uma aproximação ao antigo e tão presente sonho de voar.

Durante um ano, o grupo de estudantes trabalhou intensamente no desenvolvimento do "StreetFlyer", até chegar a um consenso quanto ao design e funcionalidades do "novo brinquedo": um triciclo, onde arcos se ligam a três rodas de bicicleta e o condutor fica suspenso, no meio do veículo, segurado por um cinto de asa-delta.

"Honestamente, não esperava que fosse tão agradável de conduzir. Não sabia se daria aquela sensação de voar", disse Schaaf, líder do grupo de estudantes, à rede de televisão "9news".

Mehring teve de abandonar o projecto a meio devido a um convite para trabalhar na California, mas ficou extremamente satisfeito com o resultado obtido pelos seus alunos. "A verdade é que eu não seria capaz de executar este projecto da maneira como eles fizeram", disse Mehring, eufórico com o resultado final do "StreetFlyer".

O próximo passo é comercializar o "StreetFlyer", especialmente para fins recreativos, mas também visando atender deficientes físicos, que poderiam "explorar o mundo exterior de uma maneira mais divertida".

"Uma pessoa que usa uma cadeira de rodas poderá perfeitamente utilizar o nosso triciclo", disse Mehring, "Seria muito divertido", acrescentou.

"Só sentimos o vento no rosto e estamos a olhar para frente nas curvas. É uma sensação incrível ", disse uma das idealizadoras do projecto. "Sinto-me como se estivesse a voar".

O "StreetFlyer" ainda deverá passar por alguns ajustes, como a instalação de um pedal ou motor que possibilite mais velocidade nas subidas. O triciclo, segundo os seus criadores, tornar-se-á em breve uma grande "febre" entre aqueles que pretendem "voar" mas não têm coragem.

Fonte: JN

Comentários

  1. Achei super interessante esse triciclo, Eduardo.
    Compartilhei no blog.

    Abraços!

    ResponderEliminar
  2. Vão aparecendo umas boas ideias de vez em quando. Pena é maioria não passarem disso.
    Fica bem

    ResponderEliminar

Enviar um comentário