Sou gente...

Há anos que luto por um emprego. Já tudo fiz. Contactei o Centro de Emprego da minha região, Instituto de Emprego e Formação Profissional, associações, centros de emprego protegido, centro de reabilitação profissional de Alcoitão e Gaia, acção social, todos os órgãos do Estado relacionados com inserção social, e sempre todas as portas se fecharam. Nunca sequer um talvez.

De há dois anos para cá, houve uma maior abertura por parte da Câmara Municipal de Abrantes (onde resido) em tentar arranjar uma solução para o meu caso. Existiram algumas reuniões, conversas e parece que finalmente existe uma grande probabilidade de ter o meu emprego brevemente.

Ninguém conseguirá imaginar o quanto isso me deixou feliz. Além de obviamente me fazer muita falta o dinheiro que irei ganhar, o ter uma oportunidade, ser útil, produzir, ter oportunidade como outro cidadão quaisquer, ser posto á prova, contarem comigo é indiscritivel as sensações e sentimentos que me invadem a alma. Sinto-me GENTE, VIVO...sinto que faço parte da sociedade e que afinal também existo.

Exagero dirão alguns. Não, direi eu. Pois sou dependente. Sem ajuda não vou á casa de banho, visto a minha roupa, abro uma porta, escrevo, etc. E quando se está nestas circunstâncias dificilmente contamos, nos dão uma oportunidade. Somos condenados para sempre. Quem é dependente sabe disso. E ela neste momento existir é algo que me faz voltar a sonhar.

Poucos terão capacidade para saberem o que é estar no seu auge e de repente porque seu corpo mudou, ser descartado e jogado fora. Dói muito. Cheguei a duvidar de mim, ter vontade de não acalentar sonhos, questionar-me se assim não era o certo...De repente olharem para mim como uma pessoa válida e capaz, deixou-me nas nuvens. É tão bom viver estes momentos e turbilhão de sentimentos que há anos tinha esquecido...Sinto meu orgulho a renascer.

Minhas limitações são inúmeras. Serei capaz e estarei à altura? Não vou sequer pensar nessa hipótese. Força, determinação, empreendedorismo, garra, confiança e vontade, isso tenho ilimitado. Neste momento sinto que não há obstáculo nenhum que não ultrapasse. E se não tentar, nunca saberei.

Também no Vida Mais Livre...

Comentários

  1. Força, Eduardo! É evidente que estará à altura. Acho, aliás, que daria um óptimo jornalista. Não sei até que ponto não conseguirá associar publicidade ao seu blog que é excelente, sempre com bons conteúdos actuais.
    Caso não consiga já esse emprego, não duvide de si, porque está mesmo difícil para todos, em geral, arranjar emprego.
    Um abraço e ânimo!!!
    Madalena

    ResponderEliminar
  2. Madalena, para mim não esteve dificil. Esteve impossível desde que tive o acidente. É do tipo: ficas-te numa cadeira de rodas, não contas mais.
    É tão bom sentir o que sinto...
    Obrigado pelo carinho.

    ResponderEliminar
  3. Querido Edu, parabéns por mais essa conquista merecida em sua vida!
    Útil, produtivo, você já é, através do seu blogue, nos informando e ajudando todas as pessoas que te procuram, com toda boa vontade, paciência e amor. Você faz tudo, esgota as possibilidades para ajudar.
    Se seu trabalho for atender ao público, estas qualidades são essenciais, e nem sempre encontramos.
    Não te falta nada, Edu! Você surpreenderá seus espregadores.
    Motivos de sentir orgulho, você sempre teve, pelo homem que é, mas eu te entendo que agora ainda mais! Sinto-me muito feliz por esse momento de sua vida!
    Boa sorte!
    Mônica

    ResponderEliminar
  4. Amigo até estou comovida...afinal é mesmo verdade que os sonhos se podem tornar realidade!
    E tu bem mereces :)
    Mas agora que vais ter q cumprir outros horários, será que vais continuar a ter tempo para manteres o teu blog?
    Já estou com saudades...mas tu não nos vais esquecer pois não?
    Sabes que continuas a ser um exemplo de CORAGEM e DETERMINAÇÃO para mtos de nós que estamos aqui a não nos limitamos a ser meros espectadores da Vida.
    Mas afinal qual será a tua função?
    Espero que seja algo que esteja à altura das tuas capacidades...que são muitas mas não estão catalogadas...
    Beijo grande e muitas felicidades para esta nova fase da tua Vida.
    Muita Luz
    Isa

    ResponderEliminar
  5. Mónica, existe uma grande possibilidade de ter o emprego. Certo, só quando assinar. Mas quis partilhar esta sensação espectacular de voltar a contar, existir...
    Obrigado pelo incentivo.
    Fica bem

    ResponderEliminar
  6. Isa, já tinha saudades tuas!
    Em principio será um gabinete TIC, onde também tenciono dar apoio aos idosos, pessoas com deficiência e população em geral. Mas falta definir pormenores com responsáveis. Isto foi o que sugeri.
    Isa, é tão bom sentir esta adrenalina...nem te passa pela cabeça o que lutei por este emprego...
    Fica bem

    Ah, ando para ir ao Curry Cabral falar com a Dra Conceição. Será uma excelente altura para bebermos aquele cafezinho.

    ResponderEliminar
  7. Com tanto vagabundo querendo viver às custas dos outros e gente que realmente quer trabalhar não recebe o devido apoio, isso é revoltante.

    ResponderEliminar
  8. Nem condições para formação profissional, estudar...para nada. No meu pais pagam transporte a quem queira fazer formação profissional. Mas como na maioria das cidades do interior não há transportes acessíveis, estamos excluídos.
    Fique bem

    ResponderEliminar
  9. Eduardo,
    Estou muito feliz por você! Logo estará dando notícias de que já está trabalhando. Só não vale esquecer da gente, tá?! Por favor... rss.
    Você tem personalidade, nada será um empecilho para você. Suas ações, a maneira carinhosa como se relaciona com as pessoas, sua dedicação, seus sentimentos, sua lealdade, suas aspirações... Tem tudo para dar certo nesse novo momento da sua vida.
    Obrigada por compartilhar conosco sua alegria! Se você está alegre, também nos sentimos assim.
    Desejo de todo coração, muito sucesso!!

    Abraços, meu amigo!

    ResponderEliminar
  10. Ó Vera, muito obrigado pelo carinho!
    Nem penso nas dificuldades. Na hora verei. Forças não me faltam.
    Preciso tanto deste emprego...
    Fica bem e uma Páscoa feliz.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário