Qual sistema usa para esvaziar a bexiga?


Qual sistema usa para esvaziar a bexiga?

Foi esta pergunta que esteve no Tetraplégicos durante 6 meses.

Resultados:

- Com algália/sonda permanente: 13 – 31%;

- Através de cateter: 19 – 46% e

- Outro: 9 – 21%


Fiquei feliz por ver que maioria usa cateterismo. É bom sinal. Além de ser o melhor sistema, ainda quer dizer que ou conseguem sozinhos ou têm quem os apoie.

Em "outro" fico com dúvidas. Será com dispositivo urinário? Há antiga? No meu tempo de lesão não nos treinavam com cateter, era com batimentos na bexiga. Davam-lhe o nome de "manobras". Depois de muito treino, bastavam umas batidas na zona da bexiga que urina começava a sair. Estive com esse sistema 18 anos. Nesses 18 anos tive 3 infecções urinárias. Para mim o melhor. Agora dizem que Organização Mundial de Saúde já não aconselha...

Comentários

  1. Amigo Eduardo.
    Faço "manobras" e há 15 anos não tenho infecção urinária ou qualquer outro problema.Para mim,não fazer cateterismo me dá mais liberdade porque como tetraplégico teria que depender de alguem para fazê-lo;sem contar que teria mais despesas com o material.
    Quando uso calças compridas,ponho coletor de pernas.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  2. Concordo. Usei muitos anos esse sistema e só tinha um senão. Logo que dava vontade (sensação) tinha que ter tudo pronto, senão bexiga não segurava.
    Usava também o disposito urinário ligado ao saco, sempre que viajava ou ficava sozinho.
    Obrigado pela partilha Fábio.
    Fica bem

    ResponderEliminar
  3. Esse outro deve ser o colector, que pessoalmente uso. O problema das manobras e do colector é que a bexiga ao contrair causa-nos disreflexia (suores, tensões altas,...). O esvaziamento junto com medicação para abolir essas contrações evitam a disreflexia.

    ResponderEliminar
  4. Sim, David, mas no meu caso as manobras não me criavam problemas. Chegamos a fazer vários Estudos Urodinâmicos enquanto fazia manobras e bexiga a nivel de pressão e outros problemas sempre bem.
    Fica bem

    ResponderEliminar

Enviar um comentário