Sabe se a sua cidade é amiga das pessoas idosas?


Organização Mundial de Saúde (OMS) identificou as características-chave para que uma cidade seja ”amiga do idoso” e preparou uma lista de verificação para cada uma das seguintes áreas:

Prédios públicos e espaços abertos,
Transporte,
Habitação,
Participação social,
Respeito e inclusão social,
Participação cívica e emprego,
Comunicação e informação; e
Apoio comunitário e serviços de saúde.

A partir destas áreas, a OMS criou uma lista de verificação, para que cada município, instituição ou cidadão possam identificar mais facilmente as áreas que estão adaptadas ou precisam de ser melhoras, para facilitar o dia a dia dos idosos e de toda a população.
A lista de verificação de características amigáveis aos idosos não é um sistema para comparar cidades. Na verdade, trata-se de uma ferramenta para uma cidade se auto-avaliar e um mapa onde possam ser anotados os progressos alcançados. Nenhuma cidade está tão atrasada para fazer melhorias significativas com base nesta lista. É possível ir além dela e existem cidades com características que vão além do indicado na lista. Essas boas práticas geram ideias que outras cidades podem adoptar.

Em Portugal, a Associação VIDA – Valorização Intergeracional e Desenvolvimento Activo deu inicio a um Projecto denominado cIDADES, que irá apresentar o conceito da OMS e aplicar a respectiva lista de verificação, a todos os municípios portugueses.

O Projecto, co-financiado pela Direcção Geral da Saúde e pela Fundação Calouste Gulbenkian, está aberto a todos os municípios, associações com interesse na população sénior, instituições académicas e pessoas interessadas em tornar as suas cidades mais amigas dos idosos.

Para mais informações contacte-nos, por email: vida@viver.org ou telefonicamente: 309992775, 934131140 ou 934 771 475

Fonte e como participar: Projecto Tio

Comentários