EUA lançam primeiro veículo específico para utilizadores de cadeira de rodas

Os EUA lançaram o MV-1, o primeiro carro voltado exclusivamente para cadeirantes. Trata-se de uma van montada em chassi como visto num carro tradicional, contendo as adaptações que permitem a acessibilidade ao cadeirante. O carro é fabricado pela empresa VPG e custa US$ 40mil (aproximadamente R$ 76 mil) e usa motor e transmissão cedidos pela Ford. A rampa de acesso para uso do cadeirante parte de uma porta lateral com 1,42 mx91 cm. O veículo conta com um espaço interno de 5,4 metros cúbicos, tendo seis assentos. Os US$ 40 mil pagos pelo MV-1 custam menos do que adaptar um carro para cadeirantes que sai por volta de US$ 55 mil, valor esse pago por um veículo de luxo nos EUA. Esse valor em alguns estados americanos ainda pode cair com políticas de incentivos fiscais. Bem que alguma montadora no Brasil podia seguir o mesmo exemplo, não é mesmo. Mercado para isso há.
Fonte: Deficiente Ciente

Comentários

  1. O modelo foi desenvolvido para atender ao segmento de táxis, e o motor e transmissão são os mesmos do já fora de linha Ford Crown Victoria. A propósito: caso o modelo fosse dotado de tração dianteira, a exemplo do Ford Taurus e da Ford Transit Connect, seria possível ter uma plataforma de embarque mais baixa. E, se eu me lembro bem, a primeira versão do MV-1 era equipada com motor e transmissão da Chevrolet, com o Vortec 4300 V6 que equipava a Blazer e hoje equipa algumas versões básicas da Silverado (a meu ver seria uma opção adequada ter mantido o motor Chevrolet, mais adequado ao serviço pesado e eficiente, ainda que o melhor fosse um motor Diesel como o 2.2 que equipa o Opel Antara).

    ResponderEliminar
  2. Sei que entende deste ramo. Poderia nos dar a sua opinião sobre os melhores modelos existentes que ache se adaptarem a utilizadores de cadeiras de rodas?
    Obrigado pela informação que sempre acrescenta á noticia.
    Fique bem

    ResponderEliminar
  3. Não há opções mais adequadas do que os monovolumes, geralmente dotados de portas corrediças amplas para a passagem de cadeiras e scooters. E a tração dianteira é benéfica por permitir uma plataforma de embarque mais baixa, demandando rampas ou elevadores mais compactos e que acrescentem menos peso à estrutura do veículo. Para um usuário que deseje conduzir o veículo a partir da cadeira de rodas, o mais adequado seria algum com transmissão automática ou "robotizada". Um bom exemplo seria a Renault Trafic/Opel Vivaro, devido às dimensões exteriores um pouco mais contidas que as do Renault Master/Opel Movano. Modelos mais compactos como o Renault Kangoo podem ser mais vantajosos ao uso em ambiente urbano, pela maior facilidade de se encontrar áreas para estacionamento e uma melhor manobrabilidade em espaços confinados, mas as portas laterais mais estreitas não permitem a passagem da cadeira de rodas, obrigando o usuário a entrar pelo portão traseiro.

    http://cripplerooster.blogspot.com/2010/12/acessibilidade-em-veiculos-para.html

    ResponderEliminar

Enviar um comentário