Minha ausência

 Desculpem a minha ausência.

Está tudo bem. Ando ativo, sem tempo, e isso é um privilégio e um prazer tremendo.

Lembram-se? Pois é...exames iniciam esta 2ª Feira.

Meio de Fevereiro voltarei com mais tempo.

Quem chegava a estar dias inteiros sem saber o que fazer, agora estar sem tempo...é fantástico e quero muito que assim sempre seja.

Fiquem bem e sabem que podem sempre me ir contatando. Estarei sempre por aqui e atento.

Comentários

  1. Força meu amigo. não desiste, sabes bem que nem todos os tetraplégicos tem um pouco de mobilidade que tu tens. aproveita e assim vais sentir muito bem contigo próprio.
    um abraço.
    Nelson Mendes

    ResponderEliminar
  2. Parabéns Eduardo por essa conquista que foi tão dificil de se concretizar. Ter o dia ocupado para além de outros fatores, é também uma questão de saúde mental.Eu também tenho esse "privilégio",mas infelizmente muitos de nós ainda lutam por isso, diria mesmo, a grande maioria.
    Força e sorte nesses exames para que esse futuro objetivo profissional se concretize.
    Grande abraço,
    Jorge Marcelo

    ResponderEliminar
  3. O maior previlégio é poderes aplicar na prática o que aprenderes...
    Espero que o teu "sonho" se realize por muitos e bons anos, porque 3 anos passam a voar...apesar de agora parecerem uma eternidade.
    Felicidades e Parabens
    Bjs Isa

    ResponderEliminar
  4. Olá Eduardo,
    Aqui está um excelente motivo para uma ausência.
    Aproveita todos os bocadinhos, e vais ver que mt breve vais dar por mt bem empregue o tempo que perdes-te na net...

    Grande abraço

    Miguel Loureiro

    ResponderEliminar
  5. Eduardo, cá o esperamos com a mesma força de sempre.
    Um abraço!

    ResponderEliminar
  6. Olá Eduardo,
    Muita força e boa sorte para os seus exames.
    Sou uma nova seguidora do seu blog e este tem-me sido muito útil para melhor compreender a vida de uma pessoa com deficiência motora. Este blog foi-me recomendado por uma pessoa que conheci e que é paraplégico.Gosto dessa pessoa, e neste blog aprendi muito, coisas para as quais eu, que me considero uma pessoa sensivel a todas as dificuldades que qualquer tipo de deficiência possa acarretar, ainda nem me tinha apercebido. Na realidade nunca tinha conhecido uma pessoa paraplégica. Esta pessoa de quem eu gosto,está de momento com um problemas de escaras... Já tinha tido, chegou a fazer sirurgia plastica e quando estava quase curado, parece que a situação está novamente a piorar...Mudaram-lhe o tratamento (as enfermeiras vão a sua casa fazer o tratamento ). Se já comia mal, pois tem falta de apetite, imagino agora. Toma 1 cubitan ou algo do género por dia para ajudar a nível proteico. Mas o que me preocupa é que está psicologicamente a ir-se muito abaixo. O nosso relacionamento é recente e isto tudo é novo para mim. Quero dar-lhe todo o meu apoio.Essa pessoa já é paraplégica há 30 anos e teve uma vida ativa até que foi «forçado» a reformar-se devido às escaras ( cirurgia... etc,etc). Será que me pode dar algumas dicas de como ajudá-lo a travar esta luta contra o pesadelo das escaras? Ele está a ir-se muito abaixo...
    Uma vez mais parabéns pelo seu blog!!!!!!
    Boa sorte para os seus exames e já agora, se e quando tiver um tempinho, me puder dar algumas dicas agradecia-lhe imenso.
    Beijo, Maria ( uma nova seguidora do seu blog)

    ResponderEliminar
  7. Maria e restantes, muito obrigado pela força. Isto de me ter inscrito ás 10 cadeiras, trabalhar, e ter as minhas limitações dá trabalho. rs
    Mas estou maravilhado e muito feliz. Isso é o importante.

    MARIA, estou ausente em termos de postagens no blogue. De resto estou sempre por aqui, e partilharei consigo,com muito prazer, tudo o que sei. Envie-me pf o seu mail que facilita as coisas. Pode ser?
    Melhoras para o seu amigo e boa sorte. Calma, que tudo dará certo. Nada como um dia após o outro.
    Fiquem bem
    Eduardo

    ResponderEliminar

Enviar um comentário