Rapaz tetraplégico há 10 anos vira exemplo de luta e superação em Dourados/Brasil


Desde novembro de 2001, Marcos Ferreira da Silva, paciente da clínica de fisioterapia da Unigran em Dourados, no Mato Grosso do Sul, enfrenta uma lesão medular traumática, nível motor C7, que o impedia de deambular, palavra usada pelos fisioterapeutas que significa andar ou passear.

Há 10 anos ele esperava por uma vitória que, de acordo com a literatura científica, não existiria. Andar, para ele, talvez fosse apenas um sonho.

Os fisioterapeutas e alunos que o acompanhavam, no entanto, trataram o caso como “fisioterapia sem limites” e afirmaram em uma declaração via rede social que “até o momento muitos podiam achar impossível, mas como dizem por ai, o impossível só existe na cabeça daqueles que não sonham e não lutam” e mostraram em vídeo a evolução de “Markinhos”, como é chamado, que se tornou um exemplo de luta e superação.

“A evolução dele é brilhante”, comenta Andressa Tagliari. Ela mostrou vídeos ao MS Já comparando o antes e o depois do acompanhamento.

Fonte: MS Já

Comentários