Push-up: Toca a aliviar o "bumbum" da cadeira de rodas


Depois de certo tempo sentados, todos sabemos o quanto é importante aliviarmos o rabiosque da cadeira de rodas, fazendo os ditos push-ups, sabe e faz bem.. Infelizmente a maioria não o consegue fazer. Eu consigo á custa de muitas dores fazer um certo alivio. Mas sem usar os músculos dos braços. Minha técnica consiste em por as mãos no assento da cadeira de rodas, encostar os meus braços aos da cadeira e tranca-los. Inclino um pouco o tronco para a frente e tento. Geralmente consigo pelo menos aliviar um pouco. Excepto aqueles dias que qualquer movimento significa grandes tonturas.

Estes push-ups (pronuncio pechepes) deveriam ser feitos pelo menos de 30 em 30 minutos. Ajudam na circulação sanguínea e são uma grande ajuda na prevenção de escaras. Além de nos proporcionarem muito bem estar. Caso não os consigam fazer, tentem fazer outros movimentos que vos seja possível. Qualquer que seja o movimento ajuda. Mexer o tronco ou desliza-lo, tentar por a mão atrás das costas…

Estes aparelhos, das fotos,  em madeira são uma grande ajuda para os treinarmos. Já os devem ter visto nalguns ginásios de referência. Pois quanto mais força uma pessoa possuir, mais facilidade ela terá para executar as atividades, como conduzir a cadeira, fazer transferências, higiene pessoal, e quaisquer outras atividades. Principalmente as transferências.

Quem não consegue fechar as mãos para segurar os equipamentos (fotos), basta enrolar uma ligadura e ou encontrar outra solução. Nosso grande problema é que parece que temos bumbum de chumbo. Por mais que tentemos ele não sai do lugar. Estas peças colocadas em cada mão, sentados, dão-nos mais amplitude. 

Comentários