Acidentes de trabalho em reflexão dia 27 de Abril em Setúbal

Uma sessão alusiva ao Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho realiza-se a 27 de abril, em Setúbal, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, com um conjunto de intervenções, leitura de um poema e uma exposição fotográfica.

O encontro, com o tema “Trabalho (in)seguro, Vida (in)completa”, conta, às 11h00, com uma sessão de abertura em que participam responsáveis da Associação Nacional dos Deficientes Sinistrados no Trabalho, da Câmara Municipal de Setúbal, do Instituto Nacional para a Reabilitação, da Autoridade para as Condições do Trabalho e da central sindical CGTP.

Segue-se, às 12h15, uma homenagem às vítimas de acidente de trabalho, com a leitura do poema “Desastres”, de Cesário Verde, por Odete Santos.

Da parte da tarde, o encontro, organizado pela Associação Nacional dos Deficientes Sinistrados no Trabalho e pela Câmara Municipal de Setúbal, tem essa sessão de trabalho que, através dos contributos de especialistas em diferentes áreas, pretende dar uma visão sistémica em termos da prevenção dos acidentes de trabalho e da reparação e reintegração profissional.

Com início às 14h00, são abordadas as áreas “Ergonomia e Prevenção: Uma relação para a Vida”, pelo ergonomista Vítor Vinheiras, “Direito à Prevenção da Sinistralidade Laboral. Uma conquista civilizacional”, pelo jurista de segurança e saúde no trabalho Hugo Dionísio, “Consequências Psicossociais dos Acidentes Trabalho”, pela assistente social Teresa Pereira e pela psicóloga Margarida C. Silva, e “Regime Jurídico dos Acidentes de Trabalho e Avaliação das Incapacidades”, pelo advogado Joaquim Dionísio e pelo médico do trabalho Joaquim Judas.

Para as 16h30 está programado um testemunho pessoal que atesta a reconstrução de um projeto de vida do sinistrado no trabalho, a que se segue um debate, estando previsto que o encerramento ocorra às 17h30.

A iniciativa inclui ainda uma exposição fotográfica sobre acidentes de trabalho, patente nas arcadas dos Paços do Concelho entre os dias 24 e 27.

Fonte: CM Setúbal

Comentários