Petição: Exames na sua residência para quem tem mobilidade reduzida

Meus colegas de curso fizeram-me esta linda surpresa. Se concordar com eles, assine e divulgue por favor. Aceitam-se assinaturas de cidadãos de todo mundo.

Caros Colegas

Iniciámos uma petição para que o nosso colega Eduardo Jorge possa fazer os exames na sua casa.

Podem assinar a petição em:
http://www.avaaz.org/po/petition/Exames_na_sua_residencia_para_quem_tem_mobilidade_reduzida/?cquQgdb

Contamos com a vossa assinatura e que divulguem o mais possível esta petição.

O texto da petição a ser enviada ao Senhor Reitor da UAb é o seguinte..

"Exmo. Senhor Reitor da Universidade Aberta

Estamos regozijados por termos no seio da nossa comunidade da UAb seres humanos extraordinários.
De todas as pessoas que fazem parte desta instituição que é a Uab temos uma pessoa extremamente especial que nos serve de exemplo e inspiração, pela sua amizade, abnegação e vontade de vencer todos os obstáculos que lhe são colocados.

Essa pessoa muito especial é o nosso amigo Eduardo Jorge, tetraplégico com 90% de incapacidade, do 1º ano da Licenciatura de Ciências Sociais. O Eduardo Jorge está a viver os momentos mais felizes da sua vida neste seu trilho que está a traçar juntamente connosco pela Uab, apesar de todos os desafios.
O Eduardo Jorge tem extremas dificuldades em se deslocar para fazer os respetivos exames, para além do aspeto relativo à sua mobilidade reduzida, tem ainda que gastar montantes consideráveis para proceder à sua deslocação ao local de exame.

É por este motivo que apelamos ao Exmo. Senhor Reitor que tome as medidas adequadas no espírito da Convenção sobre os direitos das pessoas com deficiência, que tem como depositário o Secretário-Geral das Nações Unidas e aprovado pela nossa Assembleia da República em 7 de Maio de 2009, na garantia da inclusão e igualdade de direitos humanos, para que sejam tomadas as medidas necessárias pela UAb para que o Eduardo Jorge possa fazer os respetivos exames na sua residência. Esta iniciativa não se esgota no Eduardo Jorge, ele é apenas o exemplo que preparará a Universidade para casos semelhantes ao seu, que eventualmente já frequentem a Uab ou de outros que gostariam de o fazer, mas não podem devido à sua reduzida mobilidade.

Sabendo nós que a nossa Universidade é pioneira e tem os recursos humanos e “know-how” relativamente às tecnologias de informação e comunicação necessárias à implementação desta nossa humana vontade, será para todos nós Uabianos um motivo de orgulho se também for essa a sua vontade, que permita a concretização deste nosso querer fazer e contribua assim para a construção do constante aprender e saber fazer, num mundo de desafios em mudança permanente.

Pelo Grupo de Alunos do 1º Ano do curso de Ciências Sociais"

Blog de Eduardo Jorge:
http://tetraplegicos.blogspot.pt/2011/09/estou-feliz-consegui-um-emprego-e.html#links

Eduardo Jorge em ação:
http://youtu.be/8zTthn5lyxk


Eu: como agir perante gestos tão bonitos como este?

Obrigado amigos. Nem sei como agradecer. Não imaginam o quanto é humilhante sentirmos-nos excluídos. Dói muito sentir que as PCD são atiradas para o lado como se nada valessem. Só queremos oportunidades iguais, nada mais. Temos as melhores e mais completas leis do mundo, mas não são cumpridas, de que valem...?

É com estes pequenos/grandes gestos e pessoas conscientes da sua cidadania que tenho esperança um dia consigamos mudar o rumo da história. No inicio dos tempos éramos simplesmente eliminados. Não "éramos perfeitinhos" não servíamos para nada. Graças pessoas como vós, pouco a pouco houve pequenas melhoras e hoje já não somos assassinados ao nascer. Vocês são os melhores colegas do mundo.

Obrigadooooo!

Comentários

  1. Como já escrevi noutro sítio, quando tiver filhos falo-lhes de ti e se possível quero que te conheçam. Porque para mim és diferente mas no Coração. Um Coração gigante.
    Michele

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó Michele, muito obrigado pelo carinho, mas olha que sou um ser normalissimo com virtudes e defeitos como a maioria. Somente não deixo de lutar com muita garra para tentar ter uma vida digna.
      Tu também és um ser muito especial. O texto da petição é da tua autoria e tens sido incansável a divulga-la. És juntamente com o nosso querido José Guerreiro autores desta iniciativa.
      Obrigado por tudo
      Eduardo

      Eliminar
  2. Eduardo, como sabes, divulguei a petição no café da Licenciatura em Educação da UAb (pª os q não sabem :) - a Univ. Aberta tem 'cafés virtuais', q são pontos de encontro dos alunos) - todos os colegas quererão ter conhecimento deste tipo de situações (passei palavra a Humanidades, Gestão e CID)para poderem colaborar.
    As soluções serão diferentes para cada caso, pelo que, acima de tudo, eu gostaria que o aluno 'deficiente' pudesse optar pelo que lhe seja mais confortável/adequado(ainda julgo importante, :) sempre que possível, o encontro com os colegas de licenciatura, para uns momentos de convívio)
    Fico feliz com o espírito de colaboração em C. Sociais!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário