Veiculo comandado por voz

Vítima de acidente em 2010 e colega que cursam Gestão em Tecnologia da Informação da Faculdade Cambury desenvolveram projeto que tornou possível um veículo dirigido por meio do comando de voz

Uma conversa entre amigos resultou na adaptação de um carro para uso de pessoas tetraplégicas. Trata-se de um projeto desenvolvido por dois estudantes goianos do Curso de Gestão em Tecnologia da Informação da Faculdade Cambury. Um deles foi vítima de acidente que o deixou somente com os movimentos do pescoço e com as alterações no veículo ele pôde voltar a dirigir.

Gilberto Franco, que no dia 12 de dezembro de 2010 sofreu um acidente de moto em uma avenida de Goiânia e ainda foi atropelado pelo condutor do veículo que fugiu, expressou ao amigo Osmar A. Vieira a vontade de dirigir novamente. Osmar então encarou o desejo como um desafio, passando a pesquisar tecnologias e a buscar recursos que viessem a adaptar um veículo para Gilberto.

Franco acompanhou de perto e ajudou com as pesquisas que duraram meses e foram supervisionadas pelo professor Valdir Inácio do Prado. O carro foi totalmente adaptado para seu uso. As modificações ocorreram nas partes mecânicas e elétricas. Foi incluída no veículo toda uma estrutura tecnológica, que por meio do comando de voz aciona as setas, o pisca alerta, a buzina, a partida e tudo o mais que dirigir exige.

O projeto foi apresentado no último dia 14, durante o 24º Círculo do Conhecimento da Faculdade Cambury. Veja o vídeo do Gilberto Franco dirigindo.

Comentários