Pai pede ajuda para cuidar do filho tetraplégico

O pai de um adolescente de 16 anos que foi atropelado por um trem pede ajuda financeira para poder cuidar do filho, que ficou tetraplégico. Raphael Primo da Silva está há seis meses internado no Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, na zona norte do Rio.

Ele passou por sete cirurgias e, mesmo já tendo a liberação dos médicos, continua na unidade hospitalar por não ter o suporte necessário em casa.

O acidente aconteceu em outubro do ano passado, na comunidade do Jacarezinho, na zona norte, onde a família mora. Desesperado, o pai do jovem, Gilmar Primo, entrou com uma ação na Justiça contra a Supervia, empresa responsável pelo trem.

— Nós pedimos socorro à Supervia, mas, até hoje, ninguém entrou em contato com a gente.

De acordo com Gilmar, que está desempregado, para levar o filho para a residência, é necessário ter equipamentos e condições financeiras para poder cuidar dele. Hoje, a família sobrevive com um auxílio que a filha, que necessita de cuidados especiais, tem.

— Ele precisa de cama hospitalar, cadeira para banho, fralda e acompanhamento médico em casa, porque não temos condições de ficar subindo e descendo com ele. Hoje, a gente só tem dinheiro para comer.

A equipe do Balanço Geral entrou em contato com a Supervia, que informou em nota ter prestado o socorro necessário ao jovem. Ainda de acordo com a administradora, o acidente só ocorreu porque Raphael atravessou a linha do trem em local indevido.

Veja a reportagem em video, aqui.

Noticia: Ser Lesado

Comentários