Acessibilidade nos Comboios de Longo Curso da CP

A unidade da CP – Comboios de Portugal – Longo Curso, engloba os serviços Regional, Inter-Regional, Intercidades, Alfa Pendular e Internacionais.

Curiosamente é o serviço onde se notam mais disparidades nas condições de acessibilidades a pessoas com mobilidade reduzida, sendo o serviço Alfa Pendular o mais acessível e, o Internacional completamente inacessível.

Serviço Regional e Inter-Regional

Os serviços Regional e Inter-Regional são compostos por dois tipos de comboios, os elétricos, da série 2240, e os a diesel, da série 592(Espanhola) – que inclui as séries 0350 e 0450.

-Os comboios diesel das séries 592, 0350 e 0450 são inacessíveis aos cidadãos que se deslocam em cadeira de rodas, por 2 motivos:
-Falta de espaço interior
-Falta de acessos, pois, estes comboios são mais altos e as portas são mais estreitas.

Comboios elétricos da série 2240


  • Dois lugares para cadeira de rodas por comboio.
  • Rampas amovíveis a bordo.
  • WC acessível.
  • Informação visual e sonora da próxima estação.
Os comboios deste serviço (diesel ou elétricos) têm disponíveis estes serviços em praticamente todas as linhas.

Serviço Regional da Linha do Vouga e do Tua – Via estreita


A Linha do Vouga é das mais inacessíveis em Portugal, porque os comboios, da série 9630 têm as seguintes características:
  • São altos
  • Não permitem a entrada de cadeiras de rodas
  • Não têm avisos sonoros
  • As estações não estão minimamente preparadas para pessoas com deficiência, seja ela qual for.
A Linha do Tua, atualmente, só funciona num pequeno troço entre Cachão e Mirandela. Esta linha utiliza as automotoras da série 9500:
  • Não são acessíveis
  • Não têm avisos sonoros ou visuais de próxima paragem.

Serviço Intercidades                      

Este é o serviço com mais comboios inacessíveis:

  • Nenhuma carruagem permite o acesso a cadeiras de rodas
  • Tem avisos sonoros mas não visuais
  • Não possui outros apoios ao nível da acessibilidade.
A Linha da Beira Baixa,onde circulam as automotoras da série 2240 (serviço Intercidades), constitui-se como uma exceção à regra. No entanto, nem sempre são estas automotoras a executar o serviço, o que pode implicar a impossibilidade de embarque do passageiro.

Serviço Alfa Pendular

O serviço de topo da CP, que utiliza as automotoras elétricas da série 4000, é também o mais acessível.

Comboios da série 4000:


  • Acesso por elevador próprio.
  • Dois lugares para cadeiras de rodas.
  • Avisos sonoros e visuais de próxima paragem.
  • WC acessível.
  • Não é possível uma cadeira de rodas aceder ao bar nem tão pouco circular entre carruagens.

Serviço Internacional

Neste momento existem apenas dois comboios Internacionais, são o Porto – Vigo e o Lisboa – Madrid – Paris.
O serviço Porto – Vigo é realizado pelasautomotoras da série 592, que não possibilitam o acesso a uma pessoa que se desloca em cadeira de rodas, porque têm portas muito estreitas e não possuem espaço suficiente no seu interior.
As carruagens Talgodo serviço Lisboa – Madrid – Paris não possuem forma de aceder com uma cadeira de rodas, sendo a solução encontrada a de pegar na pessoa ao colo e colocar a cadeira no vagão gerador, que acompanha sempre estas carruagens.
Este serviço altera a sua composição em Irún, estação de fronteira Franco-Espanhola, onde se faz o transbordo para os comboios TGV franceses, e se segue para Paris. Os TGV apresentam boas condições de acessibilidade para pessoas em cadeiras de rodas.

As Estações:

Os serviços Longo Curso utilizam as mais variadas estações, tornando-se complexo estar a pormenorizar todas. No entanto, existem algumas situações de desconformidade ao nível das acessibilidades, como o comboio parar na gare oposta à parte acessível da estação, ou as gares serem demasiado baixas, não existindo uniformidade de altura em toda a rede ferroviária.

ATENÇÃO!

  • Existem várias ligações que fazem mudança de comboio na Estação de Entroncamento, que é acessível mas que tem as gares baixas. É assim necessário utilizar uma plataforma elevatória para entrar e sair do comboio em todas as linhas.
  • De forma a poder planear a sua viagem da melhor forma possível, recomendamos que contate o Serviço Integrado de Mobilidade (SIM), oferecido pela CP, recolhendo informações específicas sobre as estações que precisará de utilizar.

Comentários