Perspetivas em estudos da deficiência: A governação da deficiência

PERSPETIVAS EM ESTUDOS DA DEFICIÊNCIA: A governação da deficiência (governing disability)

29 de junho – 2 de julho 2014
Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas – Universidade de Lisboa

Organizadores
Patrick Devlieger (KULeuven, Bélgica)
Megan Strickfaden (UAlberta, Canadá)
Paula Campos Pinto (ISCSP/ULisboa, Portugal)

Os Estudos da Deficiência constituem uma área emergente que envolve múltiplos  conhecimentos, perspetivas e métodos. Nesta escola doutoral de verão, destacaremos o modo como podemos estudar  perspetivas menos óbvias, explorar métodos que têm sido pouco utilizados e considerar um tipo de conhecimento, techné, que poderá ser redescoberto e incorporado na pesquisa sobre deficiência.
Este programa de verão oferece aos estudantes perspetivas teóricas e metodológicas sobre a temática da ‘governação da deficiência’ (‘governing disability’),que inclui conhecimentos sobre trabalho de campo etnográfico, Análise Crítica de Discurso, ferramentas de avaliação de políticas, e técnicas específicas de entrevista. A deficiência será discutida na sua relação com a cultura material, a política social e os direitos humanos. Serão organizados seminários em pequenos grupos para permitir aos alunos desenvolver uma a reflexão  sobre a sua própria pesquisa. O debate irá focalizar-se em projetos atuais.
São convidados a participar doutorandos que estudem temas relacionados com a deficiência e que tenham já completado um ano de doutoramento. Para efetuar a sua inscrição, envie por favor até 30 de maio, um email paraPatrick.Devlieger@soc.kuleuven.bePatrick.Devlieger@soc.kuleuven.be>, com a seguinte informação:

·         Nome e filiação, título do projeto de doutoramento, indicação de que já concluiu um ano do programa doutoral e resumo do projeto (500 palavras);

·         Uma descrição com 500 palavras do tipo de conhecimento que a sua pesquisa pretende gerar e de que modo esta se relaciona com a governação da deficiência;

·         Uma descrição com 500 palavras dos métodos de pesquisa utilizados na sua pesquisa.
Os estudantes de doutoramento selecionados irão receber durante a segunda semana de junho, informação detalhada sobre o curso, incluindo um conjunto de leituras recomendadas.

Nota: A Escola de Verão decorrerá em inglês, sem tradução simultânea ou interpretação em língua gestual.


Enviado por email

Comentários