Convite - Acção Ribeira das Naus

Convidamos todos a estarem presentes no protesto marcado para dia 13 de setembro, na Ribeira das Naus, em Lisboa, pelas 15 horas, marcado pelo Movimento dos (d)Eficientes Indignados.
Junto anexamos o convite e as reivindicações apresentadas.
Este protesto deveria ser extensível a todas as cidades, vilas e aldeias do nosso país, porque infelizmente um dos maiores motivos de exclusão são as barreiras arquitectónicas e a escolha do tipo de material utilizado nos passeios, ruas e arruamentos.

Esperamos lá por vós.
Cumprimentos,
A Direção



Estimados,

Como será do vosso conhecimento, em Lisboa foi requalificada uma zona ribeirinha chamada Ribeira das Naus, esta área, importante para a cidade e transformada num enorme estaleiro de obras durante anos a fio, foi transformada numa área de lazer, com o principal foco nas pessoas, criando-lhes mais um espaço vocacionado para o lazer.

Infelizmente esta obra é só acessível a alguns, mais uma vez as pessoas com deficiência foram enganadas e o espaço não oferece condições de acessibilidade plena, impedindo-nos de usufruir do espaço como os restantes cidadãos. A Ribeira das Naus é apenas o expoente máximo daquilo que são as acessibilidades em Portugal, onde se perpetuam os erros, e onde existe a cultura constante de violar as leis, não queremos meramente resolver o problema da Ribeira das Naus, mas sim usar o caso da Ribeira das Naus como exemplo do que é feito por todo o país, queremos mostrar que estamos fartos de que nos prometam que iremos ter um país acessível e logo a seguir façam obras onde não são tidas em conta as necessidades de acessibilidade.

Por estes motivos estamos a avançar com uma acção tripartida, primeiro queremos enviar uma carta aberta ao Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, António Costa, carta essa que gostaríamos que todos quanto possível a subscrevessem (a carta a enviar está em anexo). Alertamos que o texto da carta é de um dos membros da coordenação do movimento e que a forma como foi escrita é propositadamente irónica. Juntamente à carta irá um pedido ao Presidente da Câmara Municipal de Lisboa para que seja aberta uma investigação de forma a apurar todos os responsáveis pela obra.

A segunda parte da acção será na rua, iremos estar dia 13 de Setembro na Ribeira das Naus a informar as pessoas sobre os problemas do espaço e sobre o que representa para nós a falta de acessibilidades, estamos também a fazer todos os esforços possíveis para que possam estar presentes o Presidente da CML, o autor do projecto da Ribeira das Naus, e representantes da Ordem dos Arquitectos e da Associação dos Arquitectos Paisagistas. Nesta parte da acção gostaríamos de contar com o vosso apoio presencial, quantos mais formos mais força teremos.

A terceira parte da acção será a apresentação de queixas, queremos apresentar queixas contra a obra em si, sabemos que os processos se irão arrastar no tempo, e que muito provavelmente nem darão em nada concreto ou em penalizações contra quem projectou e autorizou a obra, mas queremos tornar o caso um exemplo de que não nos iremos resumir a cartas e a falar no Facebook, queremos que percebam que nós também pensamos, sabemos o que queremos e que temos acção, queremos que pensem que podemos causar problemas quando eles erram, e que com isso pensem duas vezes antes de cometer erros.

O nosso objectivo final é o de envergonhar quem criou o projecto, quem o viu e aprovou de forma negligente. Por fim, queremos que este protesto, a averiguação, e a exposição pública faça todos os outros arquitectos, projectistas e responsáveis pela aprovação das obras pensarem antes das obras serem feitas violando as leis.

Gostaríamos de contar com o vosso apoio nas 3 fases da nossa acção, quantos mais formos mais força teremos para mostrar que estamos cansados de ser enganados e que de uma vez por todas é preciso cumprir as leis. Apoie-nos nesta acção, junte-se a nós!
Movimento (d)Eficientes Indignados

Enviado por: Mithós

Comentários