Jorge Falcato: Primeiro deputado Assembleia da República em cadeira de rodas

Tempos atrás mostrei o meu apoio incondicional ao meu amigo Jorge Falcato, candidato a deputado pelo BE à Assembleia da República. Releiam  AQUI

A grande noticia é que o Jorge Falcato foi eleito. Será o primeiro deputado da Assembleia da República em cadeira de rodas.

Imagem: Cristina Pithecus Fernandes



SER DEPUTADO (Jorge Falcato)

Fui eleito deputado.

Tinham-me mandado uma mensagem a dizer: sempre vens para o S. Jorge? Há a hipótese de seres eleito.

Ia eu a caminho.

A noite foi de derrota e de vitória. Depois da confirmação da eleição (a parte da vitória) vim para casa.

Abri o computador e as mensagens de felicitação pela eleição que não tinham chegado por sms estavam espalhadas pelo FB e na caixa de mail.

Foram muitas.

Não dá para agradecer pessoalmente a todas, por isso aqui fica o meu obrigado a todas e todos que se lembraram de mim.

Mas nem todas as mensagens eram de felicitação pela eleição.

Tenho de vos dizer que as que calaram mais fundo foram outras. Foram as mensagens de pessoas com deficiência e de seus familiares que diziam, nem sempre da mesma maneira, que finalmente tinham voz. Que finalmente havia alguém no parlamento que sentia como eles e que iria defendê-los.

Dormi mal.

Senti a responsabilidade do slogan que o Rui Machado lançou durante a campanha: 1.792.719 de pessoas com alguma diversidade funcional... cabem todas na cadeira de rodas do Jorge Falcato.

Devo dizer, nesta altura, que não acredito em homens ou mulheres providenciais. Farei tudo o que estiver ao meu alcance para melhorar as condições de vida das pessoas com deficiência e das suas famílias, mas a eficácia de tudo o que eu fizer, só será possível com um movimento forte e organizado das pessoas com deficiência que exijam o cumprimento dos seus direitos.

Estarei lá dentro a lutar contra a exclusão e as condições de vida miseráveis a que a maioria a está sujeita, mas também estarei na rua com um movimento de gente com deficiência que, em unidade, lute pelos mesmos objectivos.

Sinto-me melhor na rua do que nos salões de S. Bento.

Lá nos encontraremos.

Primeira reação do Jorge Falcato  no seu facebook

Comentários