Associações de Doentes Crónicos / deficientes em risco

Exmos. Srs.,
Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa
Secretária de Estado Adjunta e da Modernização Administrativa
Secretário de Estado Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais
Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência
Deputados
Jornalistas
Associações de doentes crónicos e deficientes

Braga, 6 de Dezembro de 2016

A TEM – Associação Todos com a Esclerose Múltipla vem dar voz à preocupação das Associações de Doentes Crónicos e ou de Deficientes pelo preenchimento automático da declaração do IRS por parte dos trabalhadores dependentes, reformados e pensionistas.
Como é que cada contribuinte pode consignar 0,5% do seu IRS a favor de uma IPSS?

É graças a esta receita que muitas IPSS sobrevivem. Por exemplo: a TEM não recebe qualquer apoio do Estado ou do Município de Braga por ser uma IPSS jovem (8 anos). Atualmente, acabámos a primeira fase do nosso Centro Multidisciplinar para Doenças Neurodgenerativas, pago totalmente com a consignação dos IRS’s de 2012/13/14.

Acrescento o facto de uma pessoa que tenha o atestado multiusos com uma incapacidade maior ou igual a 60% ser descriminada no preenchimento do IRS, pois a declaração não assume esse atestado.

Com os nossos melhores cumprimentos,
Paulo Alexandre Pereira

Enviado por email

Comentários