Inaugurado hotel adaptado a pessoas com deficiência

A Congregação dos Padres Marianos da Imaculada Conceição inaugurou em Fátima uma unidade hoteleira pensada para a “inclusão total” de hóspedes e funcionários, já que 20 por cento dos colaboradores são portadores de deficiência ou limitação.

Em declarações à Agência ECCLESIA, o rececionista Paulo Milheiro explicou que o hotel ‘Essence Inn Marianos’, em 91 alojamentos tem “38 quartos adaptados” para hóspedes com mobilidade condicionada.

“É uma boa iniciativa não discriminarem, tornarem as pessoas iguais umas às outras. Devia haver igualdade e foi uma grande ideia que eles tiveram ainda por cima numa das grandes cidades religiosas”, refere aquele colaborador, que é um dos primeiros rostos do hotel.

Paulo Milheiro está numa cadeira de rodas e da sua experiência disse que os hóspedes quando encontram alguém com deficiência “já não se sentem tão intimidados”.

“Se existir uma pessoa com os mesmos problemas o hóspede vai-se sentir mais à vontade. Torna mais fácil a comunicação”, acrescenta o rececionista.

Naquele unidade hoteleira destacam-se as rampas, os pisos rebaixados, os elevadores mais largos e outros dispositivos para pessoas com mobilidade reduzida ou total, bem como sinalética informativa em braille, como nos números nos quartos.

A inauguração teve lugar esta quinta-feira dia de Santo Estanislau Papczynsky, o fundador dos Marianos da Imaculada Conceição.

Em declarações à Agência ECCLESIA, o superior do Vicariato Português de Santa Maria recorda que o sacerdote polaco “tinha preocupação com o bem-estar, com o bem-comum, com a formação das pessoas, com a inclusão”.

Os religiosos tiveram também preocupações ambientais e de sustentabilidade, que o padre Jovanete Vieira exemplifica: “A energia elétrica 20 por cento poderá vir dos painéis fotovoltaicos; para o aquecimento das águas temos painéis solares, e estamos a captar água da chuva para o jardim, para a rega e para o depósito de segurança.”

Já o padre Leandro Silva, segundo Conselheiro Geral da congregação, em representação do superior geral, disse que era “um momento histórico” e o hotel um apoio para “o trabalho de evangelização” da congregação em Fátima.

“É importante que não fique claro que não é somente um local para se poder alojar. É um local de fazer a experiência do sagrado”, disse o sacerdote brasileiro.

À porta do ‘Essence Inn Marianos’, que se apresenta como o “primeiro hotel inclusivo” da cidade-santuário, está o cantautor Sebastião Antunes que animou a inauguração com um momento musical.

O compositor, letrista e intérprete da banda ‘Quadrilha’ é invisual e afirma que qualquer pessoa que não tenha nenhuma “deficiência sabe valorizar a sua autonomia”, o que o novo hotel proporciona a pessoas com deficiência.

“Ao ter sido pensado para este hotel a colocação de uma série de equipamentos que o tornam inclusivo estão a proporcionar a que as pessoas que precisam de algumas indicações extras valorizem como qualquer outra pessoa a sua autonomia”, desenvolveu aquele responsável.

Para Sebastião Antunes, o ‘Essence Inn Marianos’ torna-se diferenciador também para quem quer ir a Fátima que “de outra forma se calhar não viriam porque não queriam estar a pedir ou pesar a alguém”.

O ‘Essence Inn Marianos’ é o primeiro hotel em Fátima a usar a tecnologia ‘My Eye’, de apoio às pessoas invisuais; Tem salas de reuniões, uma capela, uma piscina interior e uma loja onde destacam-se as velas que podem ser criadas de raiz e personalizadas.

Fonte: Agência Ecclesia

Comentários