Questionário: Acessibilidade das pessoas com mobilidade reduzida aos serviços de transportes

Peço o vosso apoio para responder, se for o caso, e divulgar este questionário sobre a utilização de transporte rodoviário e fluvial. Este questionário é da responsabilidade da autoridade da mobilidade e dos transportes e destina-se à melhoria da acessibilidade dos transportes.

Podem responder só à parte relativa ao autocarro, ou à fluvial, ou a ambas, dependendo da vossa situação.
A resposta deve ser enviada no corpo do email, para dsmm@amt-autoridade.pt

Contamos consigo? Aqui vai o questionário:

Acessibilidade das pessoas com mobilidade reduzida aos serviços de transporte em autocarro

1. Quais são as necessidades específicas das pessoas com mobilidade reduzida que levam a que estas enfrentem problemas na utilização dos serviços de transporte em autocarro?

2. Descreva, se aplicável, uma boa prática implementada em Portugal, que promova a acessibilidade das pessoas com mobilidade reduzida aos serviços de transporte em autocarro e que vá mais longe do que o simples cumprimento da legislação aplicável.

3. Relativamente à boa prática descrita, esta:

a. Está relacionada com: i) a acessibilidade às instalações, infraestruturas ou veículos; ii) procedimentos e processos de boa qualidade (p.e.: reservas, pedidos de informação, solicitação de assistência, etc…); iii) uma boa prática implementada por funcionários ou outras pessoas (Nota: selecione todas as opções aplicáveis).

b. Aplica-se a que fase do transporte: i) antes da viagem; ii) durante a viagem; iii) após a viagem (Nota: selecione todas as opções aplicáveis).

c. Beneficia que grupos: i) pessoa com doença mental; ii) pessoa com incapacidade cognitiva; iii) pessoa portadora de deficiência visual; iv) pessoa portadora de deficiência auditiva ou muda; v) pessoa em cadeira de rodas; vi) pessoa com incapacidade fisiológica; vii) pessoa com mobilidade reduzida relacionada com a idade; viii) pessoa com mobilidade reduzida temporária (mulheres grávidas, pessoas com membros partidos, etc…); ix) outros grupos (Nota: selecione todas as opções aplicáveis).

4. Porque considera que esta boa prática é um sucesso? Que critérios considerou na sua análise (estatísticas, reações positivas, inovação, eficiência em termos de custos, facilidade de implementação, etc…)?

5. Quais os operadores de transporte (ou outras entidades) que implementaram esta boa prática?

6. Na sua opinião, esta boa prática poderia ser implementada noutros países?

7. Na sua opinião, esta boa prática poderia ser implementada noutros modos de transporte?

Acessibilidade das pessoas com mobilidade reduzida aos serviços de transporte marítimo

8. Quais são as necessidades específicas das pessoas com mobilidade reduzida que levam a que estas enfrentem problemas na utilização dos serviços de transporte marítimo?

9. Descreva, se aplicável, uma boa prática implementada em Portugal, que promova a acessibilidade das pessoas com mobilidade reduzida aos serviços de transporte marítimo e que vá mais longe do que o simples cumprimento da legislação aplicável.

10. Relativamente à boa prática descrita, esta:

a. Está relacionada com: i) a acessibilidade às instalações, infraestruturas ou veículos; ii) procedimentos e processos de boa qualidade (p.e.: reservas, pedidos de informação, solicitação de assistência, etc…); iii) uma boa prática implementada por funcionários ou outras pessoas (Nota: selecione todas as opções aplicáveis).

b. Aplica-se a que fase do transporte: i) antes da viagem; ii) durante a viagem; iii) após a viagem (Nota: selecione todas as opções aplicáveis).

c. Beneficia que grupos: i) pessoa com doença mental; ii) pessoa com incapacidade cognitiva; iii) pessoa portadora de deficiência visual; iv) pessoa portadora de deficiência auditiva ou muda; v) pessoa em cadeira de rodas; vi) pessoa com incapacidade fisiológica; vii) pessoa com mobilidade reduzida relacionada com a idade; viii) pessoa com mobilidade reduzida temporária (mulheres grávidas, pessoas com membros partidos, etc…); ix) outros grupos (Nota: selecione todas as opções aplicáveis).

11. Porque considera que esta boa prática é um sucesso? Que critérios considerou na sua análise (estatísticas, reações positivas, inovação, eficiência em termos de custos, facilidade de implementação, etc…)?

12. Quais os operadores de transporte (ou outras entidades) que implementaram esta boa prática?

13. Na sua opinião, esta boa prática poderia ser implementada noutros países?

Na sua opinião, esta boa prática poderia ser implementada noutros modos de transporte?

Enviado por Associação Salvador

Comentários