Vamos ajudar a Adriana?

Caros amigos,
Como presidente da Associação Salvador queria partilhar convosco a história da Adriana, à qual não podemos ficar indiferentes.


A Adriana nasceu prematura, provocando uma paralisia cerebral grave (tem 100% de incapacidade) mas o destino pregou outra partida à família e a Adriana também ficou cega.

Por estar numa cadeira de rodas, a Adriana não consegue entrar na própria casa de banho, nem deslocar-se dentro de casa. A mãe tem que percorrer 9 metros com a filha ao colo para entrar na casa de banho, estando desgastada pois a Adriana pesa 75kg, tornando a tarefa muito dolorosa e impossível num futuro próximo.

É necessário adaptar a casa de banho e alargar alguns corredores mas a família não tem rendimentos, sendo que a mãe está desempregada e o pai recebe um ordenado muito baixo.

Como me revelou a mãe: “qualquer dia não tenho forças para levar a Adriana ao colo”

Mais informações: Associação Salvador

Comentários