Mais vagas no ensino superior para candidatos com deficiência física e sensorial

O contingente especial para candidatos com deficiência física e sensorial aumentou este ano o número de vagas para 4% na primeira fase e, pela primeira vez, contempla vagas na 2ª fase de candidatura em 2%. 


Organizado pela Direcção-Geral de Ensino Superior (DGES), o concurso nacional inicia este mês. A DGES disponibiliza ainda o balcão IncluIES, com informações como serviços de apoio ao deficiente, acessibilidade dos edifícios e das páginas web, bolsas para estudantes com mais de 60% de incapacidade, entre outras, das instituições de ensino superior e estabelecimentos de ensino privado em Portugal. 


Fonte: Jornal de Negócios

Comentários