Centenas de condutores continuam a dificultar a vida a pessoas com deficiência

Entre os dias 30 de novembro e 4 de dezembro, a GNR realizou uma operação de âmbito nacional com o objetivo de prevenir e acabar com o estacionamento em locais que condicionam a mobilidade de pessoas com deficiência.


Os militares começaram por sensibilizar cerca de 4500 cidadãos para o problema, alertando para os constrangimentos provocados a pessoas com estas dificuldade pelo estacionamento abusivo – em locais reservados, nas passadeiras e nos passeios.

Depois, a GNR fiscalizou 1865 condutores – destas situações, foram detetadas 343 infrações, das quais 247 foram por estacionamento indevido.

A operação contou com a ajuda da Associação Salvador, inserida no “Programa de Apoio a Pessoas com Deficiência” (PAPcD).

Fonte: Sol

Comentários