Experimentei a nova cadeira de rodas da Permobil, F5 Corpus R-Net

São 3 as principais razões que me levam a ter de mudar de cadeira de rodas: preciso de uma cadeira que realize basculação mais acentuada; com função de verticalização (posição de pé) e por último, o facto da minha actual cadeira, modelo Quikie Salsa já ter 6 anos de vida.

A Mobilitec deu-me a conhecer o último modelo da Permobil, a F5 Corpus R-Net. Reúne as condições exigidas. A Ergométrica apresentou-me o modelo Jive Up da Sunrise Medical.

A F5 já a experimentei, e os técnicos da Mobilitec tirou-me a maioria das dúvidas. Não desgostei, mas continuo com a sensação que poderia ser menos robusta, mais prática. Mas o facto de realizar a posição de basculação como mostra a imagem abaixo, e a posição de verticalização se realizar de maneira diferente, ou seja, quando em posição de pé o peso fica distribuído por todo o corpo. Esse facto fica bem visível pela posição dos pés que não ficam completamente assentes no suporte de pés.
 

Devido ao meu acentuado estado de osteoporose o colo do meu fémur não suportaria o peso do meu corpo, daí não arriscar realizar verticalização, não tendo adquirido cadeira com essa função, mas todos sabemos os excelentes benefícios que essa posição nos trás. 


A posição de basculação mais acentuada iria permitir-me prolongar o número de horas diárias na cadeira rodas. Devido problemas de pele que ultimamente me têm afectado a região do ísquio, passo mais tempo na cama que na cadeira. Alguns minutos naquela posição iriam aliviar a pressão na região isquiática, prevenindo o aparecimento de escaras. Ou seja, a basculação e verticalização iriam substituir a cama, da vez de estar 5 horas na cadeira e ir descansar duas para a cama, com o incomodo e todo o trabalho que isso implica, bastava alguns minutos na posição de verticalização ou basculação e a minha qualidade de vida seria bem melhor.


A questão da tração ser dianteira é que vai obrigar-me a uma boa adaptação. Também estou algo reticente devido a largura da cadeira. Preferi-a menos larga.

A JIVE UP

No que toca a este modelo, aguardo que a Ergométrica me o traga para experimentar e tirar dúvidas. Deve acontecer nos próximos dias, mas pelas informações disponibilizadas no site, agrada-me a largura (63 cm contra os 65,5 a 79cm da F5), cumprimento total também é inferior (107 a 113cm contra os 114cm da F5), no que toca à basculação tenho algumas dúvidas.


Logo que a experimente darei também a minha opinião.

Comentários