Assistência Pessoal: Lista dos Centros de Apoio à Vida Independente

A minha última crónica no jornal Abarca

O Projeto piloto Modelo de Apoio à Vida Independente criado pelo Governo em 2017, através do Decreto Lei n° 129/2017 de 9 de outubro, continua a dar os seus passos, não com a brevidade que desejamos e nem com o desenho que esperávamos, pelas razões que já enumerei neste espaço.

Os CAVIS - Centros de Apoio à Vida Independente encontram-se selecionados pelo Governo. Serão 84 espalhados por todo o país. Caso esteja interessado em se candidatar a beneficiar de um Assistente Pessoal, de modo a permitir apoio na realização das suas atividades da vida diária, de forma gratuita, aqui fica a lista das IPSS que terão o seu CAVI, e onde se pode inscrever:

REGIÃO NORTE
- VALORIZA - Associação de Desenvolvimento Local
A.F.S.D - Cavalo Azul
- Associação 2000 de Apoio ao Desenvolvimento
- AADVDB - Associação de Apoio aos Deficientes Visuais do Distrito de Braga
- ACAPO - Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal
- ACIP - Ave Cooperativa de Intervenção Psico-Social, CRL
- ADM Estrela - Associação Social e Desenvolvimento
- AFUA-HML - Associação de Familiares, Utentes e Amigos do Hospital de Magalhães Lemos
- ANEM - Associação Nacional de Esclerose Múltipla
- APCG - Associação de Paralisia Cerebral de Guimarães
- APCVC - Associação de Paralisia Cerebral de Viana do Castelo
- APCVR - Associação Paralisia Cerebral de Vila Real
- APELA - Associação Portuguesa de Esclerose Lateral Amiotrófica
- APN - Associação Portuguesa de Neuromusculares
- APPACDM - Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Vila Nova de Gaia
- APPACDM - Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental do Porto
- APPC - Associação do Porto de Paralisia Cerebral
- ARTENAVE, Atelier - Associação de Solidariedade
AVI-Associação Vida Independente
- CERCI CRL - Cooperativa de Educação e Reabilitação para Cidadãos mais Incluídos de Braga
- CERCIAG - Cooperativa de Educação e Reabilitação de Cidadãos com Incapacidades de Águeda
- CERCIFEL - Cooperativa de Solidariedade Social, C.R.L
- CERCIMAC - Cooperativa de Ensino e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados de Macedo de Cavaleiros
 CNAD - Cooperativa Nacional de Apoio a Deficientes - Delegação de Braga
- COOPCUIDAR - Cooperativa para o Desenvolvimento e Apoio Bio-Psico-Social do Portador de Deficiência, CRL.
- CVI - Associação CVI - Centro de Vida Independente do Porto
- FOCUS - Focus, CRL - Porto
- PeR - Associação Pais-em-Rede

REGIÃO CENTRO
- Associação de Famílias Solidárias com a Deficiência
- A.R.C.I.L. - Associação para a Recuperação de Cidadãos Inadaptados Lousã
- ACAPO - Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal
- APCC - Associação de Paralisia Cerebral de Coimbra
- APCV - Associação de Paralisia Cerebral de Viseu
- APPACDM -Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental da Marinha Grande
- APPACDM - Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental da Figueira da Foz
- APPACDM - Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Coimbra
- APPACDM - Associação de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Viseu
- APPC - Associação Portuguesa de Paralisia Cerebral de Leiria
- APPDA - Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo, Coimbra
- APSCDFA - Associação de Promoção Social Cultural e Desportiva de Fornos de Algodres
- CASCI - Centro de Acção Social do Concelho de Ílhavo
- CEERIA - Centro de Educação Especial, Reabilitação e Integração de Alcobaça
- CERCIESPINHO - Cooperativa de Educação e Reabilitação do Cidadão Inadaptado de Espinho, C.R.L.
- CERCINA - Cooperativa de Ensino e Reabilitação de Crianças Inadaptadas da Nazaré, CRL
- CERE - Centro de Ensino e Recuperação do Entroncamento
- CVI - Associação CVI - Centro de Vida Independente - (Delegação de Leiria)
- FOCUS - Focus, CRL - Vale de Cambra

REGIÃO DE LISBOA
- ACAPO - Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal
- AlmaSã-CEEA - Centro de Educação Especial de Almada
- APCAS - Associação de Paralisia Cerebral de Almada Seixal
- APPACDM - Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Setúbal
- APSA - Associação Portuguesa de Síndrome de Asperger
- ARIA - Associação de Reabilitação e Integração Ajuda
- CECD - Centro de Educação para o Cidadão com Deficiência, CRL Mira Sintra
- CERCIMA - Cooperativa de Educação e Reabilitação do Cidadão Inadaptado de Montijo e Alcochete
- CNAD - Cooperativa Nacional de Apoio a Deficientes, CRL de Lisboa
- CREACIL - Cooperativa de Reabilitação, Educação e Animação para a Comunidade Integrada do Concelho de Loures, C.R.L.
- CVI - Associação CVI - Centro de Vida Independente - Sede
- FPAS - Federação Portuguesa das Associações de Surdos
- Inovar Autismo - associação de cidadania e inclusão
- MITHÓS - Mithós Histórias Exemplares Vila Franca de Xira

REGIÃO DO ALGARVE
- APC - Associação Paralisia Cerebral de Faro
- CNAD - Cooperativa Nacional de Apoio a Deficientes - Delegação de Tavira
- CVI - Associação CVI - Centro de Vida Independente - Algarve
- EXISTIR - Associação para a Intervenção e Reabilitação de Populações Deficientes e Desfavorecidas

REGIÃO DO ALENTEJO
- APPACDM - Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Elvas
- APPACDM - Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental
- APPACDM - Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Portalegre
- APPACDM - Assoc. Port de Pais e Amigos do Cidadão com Deficiência Mental de Santarém
- CAVI-APCE - Associação de Paralisia Cerebral de Évora
- CERCIBEJA - Cooperativa de Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados de Beja
- CERCICOA - Cooperativa Educação e Reabilitação de Crianças Inadaptadas e Solidariedade Social dos Concelhos de Castro Verde, Ourique e Almodôvar
- CERCIDIANA - Cooperativa para a Educação e Reabilitação e Inserção de Cidadãos Inadaptados de Évora
- CPCB - Centro de Paralisia Cerebral de Beja
- Inovar Autismo - associação de cidadania e inclusão

Relembro que a “Assistência Pessoal” consubstancia-se num serviço especializado de suporte, através do qual é disponibilizado apoio à pessoa com deficiência ou incapacidade, para a realização de atividades que esta, em razão das limitações decorrentes da sua interação com as condições do meio, não possa realizar por si própria.

Apenas são elegíveis as pessoas com deficiência com grau de incapacidade igual ou superior a 60%, e que tenham, cumulativamente, idade igual ou superior a 16 anos.

A incapacidade deverá estar certificada por Atestado Médico de Incapacidade Multiuso ou Cartão de Deficiente das Forças Armadas. As pessoas com deficiência intelectual, as pessoas com doença mental e as pessoas com Perturbação do Espetro do Autismo, com idade igual ou superior a 16 anos, podem ser destinatárias de assistência pessoal, independentemente do grau de incapacidade que possuam. Também as pessoas com deficiência de idade igual ou superior a 16 anos que se encontrem abrangidas pela escolaridade obrigatória podem beneficiar de assistência pessoal, mas apenas fora das atividades escolares.

Fonte: INR

Comentários