Isto é Portugal...


Aos 85 e 91 anos, Maria José e Manuel Xavier tomam ainda conta dos filhos, já com 52 e 56 anos, na pequena aldeia de Fonteita, Vila Real. Os idosos não se queixam da tarefa, mas a casa onde residem não tem sequer saneamento básico.

Dimas, de 52 anos, sofre de deficiência motora e psíquica, e Julieta, de 56, sofreu um acidente quando era jovem, que a deixou também com um atraso mental. A família conta com o apoio do Centro Social de Andrães, que lhe presta serviço domiciliário ao nível das refeições e cuidados básicos de saúde. Apesar da idade avançada dos filhos, o trato nesta habitação é peculiar.

"Eles ainda são os meus meninos", confessou Maria José ao Correio da Manhã. "Quando os levamos ao médico, começam a chorar porque julgam que os estão a tirar de casa", acrescentou.

Contudo, esta família ainda não tem casa de banho e a água na residência confina-se a uma torneira no quintal. "Tomamos banho nu-ma bacia e temos de fazer as necessidades no terreno. Tenho de aquecer a água no fogão para dar banho aos meus filhos", descreveu a octogenária. "Gostávamos de ter uma casa de banho e água dentro de casa, mas não temos dinheiro", lamentou. "Enquanto tiver um pouco de saúde, os meus meninos ficarão aqui", finalizou a mulher.

Fonte: CM

Comentários

  1. http://aperoladanet.blogspot.com/2011/04/nao-os-deixem-fugir-para-venezuela.html

    ResponderEliminar
  2. Enquanto isso, pessoas novas e cheias de saúde metem os pais no lar...
    Abraço,
    Madalena

    ResponderEliminar
  3. Jesus tem misericordia dessas pessoas !

    ResponderEliminar

Enviar um comentário