Mário Lopes é o novo presidente da FPDD

Mário Lopes (na foto) com o projeto “Atividade Física e Desporto para todos ao longo da Vida” é o novo presidente da Federação Portuguesa de Desporto para Pessoas com Deficiência (FPDD), anunciou hoje, através do seu site, esta estrutura desportiva.

O novo presidente, que sucede a José Pavoeiro que saiu da presidência da FPDD em janeiro, tem 38 ano e é natural de Lamego.

“Espero estar à altura dos desafios que se nos deparam e espero contar com todos no cumprimento da nossa missão. Os associados que confiaram em mim merecem-me todo o respeito e compete-me procurar corresponder às suas expectativas”, refere Mário Lopes, numa mensagem publicada no site da FPDD.

O mandato de Mário Lopes vai assentar no mote: “Atividade Física e Desporto para todos ao longo da Vida”.

O dirigente pretende uma liderança de melhoria na continuidade, implementar ações que levem a um aumento da eficácia desta federação no cumprimento da sua missão.

Mário Lopes é portador de retinopatia pigmentar, doença que implica a perda progressiva da visão, durante o seu estágio como professor de educação física, tendo sido assim que se cruzou com o desporto adaptado.

O novo presidente da FPDD estudou em Coimbra e quando se mudou para o Porto integrou a equipa de Goalball da ACAPO.

Recorde-se que José Pavoeiro deixou a presidência da FPDD menos de um ano depois de ter tomado posse para um segundo mandato.

José Pavoeiro foi o segundo presidente consecutivo a abandonar o cargo, uma vez que sua antecessora, Leila Marques, saiu em janeiro de 2012, alegando que “não estavam reunidas as condições mínimas para o regular funcionamento” da entidade.

A FPDD agrega as cinco áreas da deficiência: auditiva, intelectual, motora, paralisia cerebral e visual.

Esta federação é membro honorário do Comité Paralímpico de Portugal (CPP), responsável pela preparação do Projeto Paralímpico Rio2016.

Fonte: Plurral&Singular

Comentários