Resposta do CMR Alcoitão a: Um raio-x no CMR Alcoitão

Recebi a resposta (tentativa) do Centro de Medicina de Reabilitação do Alcoitão sobre o episódio do raio-x. Lembram-se?

Minha resposta, já enviada, segue abaixo:

Senhores,

Em resposta á vossa carta com referência nº 2553, de 12 de Agosto de 2011

Incrível a maneira como resolvem uma situação como esta. Raio-x foi efectuado, ponto final. Tudo está certo. É isso que me respondem e vos interessa. Não me responderam a absolutamente nada do que perguntei. Parece até que não leram o que expus. Mas vou tentar insistir as vezes que forem necessárias:

1º - Nunca houve uma única vez que não “fosse detectada uma anomalia na prescrição” (palavras vossas);

2º - Cheguei ao Serviço de Imagiologia deveriam ser umas 15h20. Não me informam se nessa altura o Serviço de Imagiologia já estaria fora do seu horário de atendimento. Auxiliar informam que estava fora do seu horário. Podem me informar o horário habitual de funcionamento do Serviço de Imagiologia? Até porque a técnica (D. Lurdes), repetia que estava na sua hora. Se houver casos futuros, quero estar informado. Se me enviaram com a senha para fazer o exame ás 15h20, sabendo que estava encerrado, não tem lógica;

3º - Parece que não entenderam. A D. Lurdes recusou-se a atender-me porque segundo ela estava na sua hora. Se eu me transferisse sozinho ela faria-me o grande favor de realizar o raio-x fora do seu horário. Como lhe perguntei o nome e disse que ia relatar o caso ao gabinete do utente, porque já era a segunda vez que ia ao CMR de Alcoitão por causa deste exame, senhora foi pedir esclarecimentos a quem me enviou para seu serviço, vi-o. Só tinha outra alternativa. Voltar para casa, fazer mais 200 quilómetros e exame ficava sem fazer;

4º - Tenho direito ou não a ser auxiliado nas transferências por vossos auxiliares?;

5º - Tendo os senhores um gabinete de utente, e tendo-me dirigido ao mesmo na procura de respostas, sou atendido por uma senhora, que me informa que nada pode fazer e nem sequer orientar porque Assistente Social não está. Nem um espere um minuto, vou ver se posso ajuda-lo?;

No vosso último parágrafo, em resposta a minha exposição (em anexo), terminam escrevendo que o exame foi realizado e por isso está tudo certo. Interessa somente isso. Pena que assim seja. Como em cima escrevo, foi realizado porque não aceitei o não da técnica. Senão, teria ficado sem ser realizado.

Ao contrário dos senhores, para mim não foi normal o que aconteceu e como podem ver acima, eu continuo com muitas dúvidas que gostaria de ver esclarecidas.

Aviso-os também que estou a tornar este caso público, como o faço sempre, no TETRAPLÉGICOS, e nas redes sociais.

Estacionamento e acessibilidades

Várias situações

Aguardando respostas

Cumprimentos

Eduardo Jorge

Comentários

  1. Ah, Edu...
    Eles acharam que uma resposta boba resolveria... Não sabem que estão lidando com um homem corajoso, que não permite que sua inteligência seja subestimada e luta até o fim!
    Admiro-te muito!

    Beijinhos,

    Mônica

    ResponderEliminar
  2. Sinceramente não esperava uma resposta tão sem nexo de um centro de referência como eles próprios se auto-intitulam.
    Talvez expondo dúvidas uma a uma e com intervalos, consiga obter uma resposta mais condizente.
    Fica bem

    ResponderEliminar
  3. Olá Eduardo,
    Pois é, estes servições não devem poder fazer respostas estruturadas e condignas, dado pensarem que devem perder mt tempo a faze-lo e no pensamento deles não valerá a pena...

    Ao menos estes ainda se dignam responder outros serviços identicos nem o fazem.

    Fazes bem em continuar com a tua luta por respostas as tuas questões, eu se calhar iria mais longe dando conhecimento a quem tutela o Centro de Reabilitação.

    Miguel Loureiro
    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Triste receber este tipo de respostas Miguel! Nota-se que pouco interessa o que nos acontece. Para eles só há a lamentar o tempo que esperei pelo "erro detectado na prescrição do exame".
    Técnica recusar-se a atender-me, não ter auxiliar e quase ter caído na transferência, é normal. Enfim....quando tanto exigem, seria bom serem também exigentes com atendimento.
    E claro que se não receber respostas esclarecedores, tenciono ir até ao fim.
    Fica bem

    ResponderEliminar
  5. Obrigado Eduardo por nos dares conhecimento da forma como lidas com os "problemas"... EXCELENTE!!
    Assim podemos aprender a não ficarmos "calados" sempre que os nossos direitos são postos em causa!!
    Além disso esta não é só a tua luta, como diz o Miguel...é a NOSSA LUTA!!
    Só quando nos UNIRMOS TODOS PELA MESMA CAUSA, é que nos vão ouvir!!
    Bem hajas e continua assim, CORAJOSO e PERSISTENTE.
    Muita Luz
    Isa

    ResponderEliminar
  6. É isso Isa!
    Aceitar e calar é que só de vez em quando. Tenho direito a ser esclarecido.
    Muito desolador receber esta resposta.
    Fique bem

    ResponderEliminar

Enviar um comentário