Christopher Reeve


Este sábado teria sido aniversário de Christopher Reeve. Faria 58 anos. Pela sua paixão e optimismo sem limites, nasceu a Fundação Christopher e Dana Reeve.

Por causa do apoio permanente de pessoas amigas, a Fundação Reeve continua a honrar a vontade e obra de Christopher, que é ajudar as pessoas com lesão medular a viver mais tempo, mais saudáveis e a terem uma vida mais independente.

Por favor, considere fazer uma doação online dedutível, hoje, em honra da vida de Christopher Reeve.
Hoje, a Fundação está a avançar com as pesquisas mais promissoras para a cura da lesão da medula espinal. Nunca antes houve tanta esperança sobre tratamentos e terapias que possam levar à cura.

Além disso, continuamos com o exemplo do Christopher de mostrar como lesados da medula espinhal podem e devem exceder os limites. Enquanto o corpo não pode se mover tão livremente, a mente continua activa e o espírito forte.


Como Christopher demonstrou, as pessoas que vivem com uma lesão na medula espinhal são dedicados pais e mães, maridos e esposas amorosos, líderes na sua profissão escolhida.

Christopher é responsável por mudar o pensamento convencional errado de que não há cura para lesados medulares, ele sabia que se conseguisse juntar cientistas brilhantes, e prosseguir abordagens de ponta que iríamos desenvolver tratamentos que nos levarão à cura. Pessoas com paralisia irão recuperar a função, levar uma vida saudável, e um dia talvez voltar a andar.

E ele estava absolutamente certo. As expectativas de alguém que sofre um acidente hoje, é muito diferente de quando Christopher sofreu o acidente. Eu vejo pessoas fazendo progressos surpreendentes a cada dia.

Mas, nosso trabalho está longe de terminar. Christopher deixou-nos o sonho, mas eu e você devemos torná-lo realidade. A Fundação promove a ciência, e você fornece o combustível com suas contribuições.

É por isso que eu espero que você vá celebrar o aniversário e a obra de Christopher fazendo sua contribuição especial em sua homenagem hoje. Assim vai honrá-lo melhor, ajudando todos aqueles que vivem com lesão medular encontrar as curas que eles precisam.

Obrigado

Peter T. Wilderotter

Comentários

  1. Emocionante e tocante a história de Christopher Reeve.
    Não sabia da existência desta fundação, Eduardo. Vou compartilhar este link no blog. Quantas mais pessoas souberem, melhor.

    Abraços!

    ResponderEliminar
  2. A sua fundação tem feito imenso por todos nós. Ainda bem que mantêm a sua luta acesa.
    Fica bem, Vera!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário