Uma jovem portadora de deficiência física está há mais de um ano a lutar por acesso a transporte adaptado em Tomar


Uma jovem portadora de deficiência física está há mais de um ano a lutar junto da Câmara Municipal de Tomar, para conseguir que os Transportes Urbanos de Tomar (TUT) passem junto à sua residência, sita na localidade de Juncais de Baixo, freguesia de São João Baptista.

O caso desta jovem, Laura Nunes, residente em Juncais de Baixo, no número 11, remonta a Fevereiro de 2010, data em que foi enviada a primeira carta ao município de Tomar. O Cidade de Tomar teve acesso a essa carta e transcreve o seu conteúdo: “Venho por este meio informar V. Exa. que os transportes públicos que servem Juncais de Baixo, não estão adaptados a pessoas com mobilidade reduzida, estando desta forma impedida de me deslocar à cidade. Assim solicito a V. Exa. que proceda para que se adaptem os referidos transportes ou que seja alterado o percurso do TUT de modo a permitir a igualdade de oportunidades a todos os cidadãos deste município. Considerando que V. Exa. é sensível a este problema, aguardo ansiosamente a vossa resposta”.

Mediante esta carta, enviada à autarquia de Tomar, em Fevereiro de 2010, Laura Nunes, recebeu resposta da edilidade, a 11 de Agosto do mesmo ano, na qual a câmara afirma que enviou à Rodoviária do Tejo, SA em que a autarquia solicita “que sempre que possível a adequação de meios de transporte a pessoas com mobilidade condicionada”.

Em suma, o município de Tomar passou a responsabilidade deste caso social para a Rodoviária do Tejo e, a 14 de Setembro de 2010, Laura Nunes recebe uma nova carta da câmara explicando que a povoação de Juncais de Baixo “encontra-se fora do limite urbano, a responsabilidade da gestão e da adequação dos meios de transporte às diferentes necessidades de mobilidade é da Rodoviária do Tejo, SA”.

Fonte: Rádio Cidade de Tomar

Comentários