Banco BANIF apoia quinzenalmente uma IPSS com 2.500 euros

Uma instituição bancária está a desenvolver nos Açores uma iniciativa de apoio social inédita no país, entregando quinzenalmente 2.500 euros a uma instituição particular de solidariedade social para ajudar a sua actividade em benefício dos mais desfavorecidos.

“Achamos que podíamos fazer um programa que, além do apoio, fosse também um alerta à sociedade para a forma voluntária como muita gente trabalha e para as dificuldades que têm muitas instituições”, afirmou Ricardo Ferreira, diretor-geral do BANIF nos Açores, em declarações à Lusa.

A iniciativa ‘BANIF Solidário’, que começou em novembro, conta, por isso, com a colaboração da televisão pública no arquipélago, que divulga a actividade desenvolvida pela instituição que recebe o donativo.

Este programa, que se prolonga até abril, entrega 2.500 euros quinzenalmente a uma instituição de solidariedade social, o que permitirá apoiar 12 instituições, num investimento global de 30 mil euros.

O programa está a meio, tendo sido já entregues donativos à Casa do Gaiato, Associação de Pais e Amigos de Crianças Deficientes de S. Miguel, Centro Social e Paroquial de S. Pedro, em Angra do Heroísmo, Terceira, Irmãs Criaditas, em Rabo de Peixe, Associação de Pais e Amigos de Crianças Deficientes do Faial e Santa Casa da Misericórdia de Vila do Porto, em Santa Maria.

O critério de seleção das instituições beneficiadas por este programa resulta de indicações dadas pelo Instituto de Acção Social (IAS), a quem o banco pediu "informação sobre instituições que necessitam de alguma colaboração”.

As verbas servem para ajudar em objetivos como aquisição de equipamentos, realização de pequenas obras ou resolver problemas de tesouraria. AO Online

Comentários