Eu voto FERNANDO NOBRE para Presidente


É muito comum ouvirmos os outros dizerem que não gostam de politica. Eu costumo não gostar da maioria de quem a pratica. Enervam-me, não são genuínos, não consigo confiar neles, não nos respeitam, nada confiáveis e nunca cumprem o prometido. Impossível ficar indiferente aos números de circo que realizam na Assembleia da República, por exemplo. Um começa a discursar, os opositores imediatamente começam com: "muito bem", "é isso mesmo"....depois as palmas irónicas. Parece um grupo de miúdos a picarem-se uns aos outros. Aquilo é resolverem os nossos problemas? Não, nunca daquela maneira. Aquela maneira de fazer politica, é ridícula.

Sempre votei em pessoas e nunca em partidos. É agora o caso do candidato à Presidência da República, Dr Fernando Nobre em quem vou votar. Até que enfim aparece um candidato com obra feita. Isso é o mais importante para mim. Como é possível queixarmo-nos que ninguém se preocupa connosco, que só pensam neles, e quando aparece um homem que sempre se dedicou ao próximo, o rejeitamos? Não entendo tal coisa.

Já contactei várias vezes o gabinete do nosso actual Presidente da República, Cavaco Silva, a denunciar-lhe injustiças atrozes e pedir-lhe apoio. Recebo como resposta, um e-mail automático, com assinatura do seu assessor para assuntos sociais, David Justino. Claro que este senhor não se preocupa connosco! É-lhe indiferente nossas realidades. Depois ouço o nosso Presidente, dizer imensas vezes que é o Presidente de todos os portugueses, que tem uma página na internet, para participarmos...Como ir votar em alguém que nunca me respeitou? Não o faria nunca!

Diz com muita frequência que não tem nada a ver com a crise actual que o país atravessa. Porquê? Se é Presidente, está no poder, tem e muita culpa mesmo. Só agora é que se dá por ele. Só agora começou a falar...porque não foi mais activo antes? Porque não teve capacidade para isso. Até porque quando quis falar, fe-lo. Lembram-se daquela famosa comunicação sobre o Estatuto dos Açores, quase o pais parou para depois ser alvo de inúmeras piadas.

Concluindo. Eu voto Fernando Nobre porque tem obra feita e este sim, abraçou sempre as causas sociais. Admiro-o muito, e gostaria de o ver como meu Presidente.

Comentários

  1. "A pobreza e a exclusão social impedem, desde logo, o cumprimento do 1º artigo da Declaração Universal dos Direitos do Homem – igualdade em dignidade e direitos. A situação de pobreza e/ou exclusão castra, à partida, grande parte das possibilidades de evolução pessoal" - Fernando Nobre

    Sem dúvida alguma! Fernando Nobre dá-me garantias, pelo seu trajecto de vida e grande humanismo que lutará e terá sempre como grande batalha a luta contra a indiferença e a exclusão social. E neste momento Fernando Nobre é o Presidente que Portugal precisa para enfrentar e combater as atrozes desigualdades e injustiças sociais!
    Fernando Nobre é também o meu Presidente.

    Abraço amigo,
    Sininho

    ResponderEliminar
  2. Obrigado por teres coragem em assumir tuas preferências. Sabes que anda tudo comprometido. Ninguém se quer ligar a ninguém publicamente...eu como sou independente e sigo meu coração...
    Vamos esperar que mais pessoas levem em conta os valores que Fernando Nobre defende.
    Fica bem

    ResponderEliminar
  3. Eduardo, que bom que em Portugal vocês ainda têm um candidato a presidente em que podem confiar. Aqui no Brasil a situação é muito difícil. Antes conseguíamos distinguir o joio do trigo, os honestos dos desonestos, os bons dos maus... Hoje já não temos mais isso, eles se parecem muito. O discurso é o mesmo, promessas feitas sem cumprir... E o povo cada vez mais confuso.
    Espero, sinceramente, que a nossa nova presidente faça um bom governo e que tenha merecido os milhões de votos que recebeu.

    Um bom começo de ano para você, meu amigo!
    Abraços!

    ResponderEliminar
  4. Vera, nossos sistema politico atribui maiores poderes ao nosso 1º Ministro, ele sim, é o Chefe de Governo. Presidente é tipo um juiz. Pode ou não concordar com as leis e até devolve-las a debate no nosso Parlamento.
    É diferente do Brasil.
    Quanto a este candidato, fundou a AMI-Assistência Médica Internacional http://www.ami.org.pt/ e sempre se dedicou aos outros por esse mundo fora.
    Isso diz-me muito.
    Fica bem

    ResponderEliminar

Enviar um comentário